quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Justiça escutou a voz da sociedade

E o assassino de João Helio foi retirado do tal programa que o levaria provavelmente para a Suiça.

14 comentários:

Edu O. disse...

nãe era possível que não escutassem.

Amo Você Brechó Infantil disse...

Enfim alguma coisa foi feita para que a sociedade se sentisse um pouquinho respeitada.....e ainda é muito pouco.

Tathiana Tapajóz, Petrópolis, RJ

edson disse...

Ao inves ir pa a suiça deveria ir para o caju ou o sao joao batista, me perdoeem se estou sendo cruel mas a indignação e grande....

Dora Regina disse...

A voz do povo é a voz de Deus! Eu acredito nisso!!!
Um grande abraço!

Anônimo disse...

Finalmente um pouco de sensatez...! Que alívio!

VGitana disse...

Que bom ainda bem!! fico feliz que a voz da sociedade falou mais alto!
è isso ai!!
Besos Glória!!

Transitório disse...

YYYYYYYYYYYYYYESSSSSSSSSSSSSSSSSS!

Sandra Domingues disse...

Somos as vozes dos inocentes e juntos somos mais fortes!
Não podemos não calar...Diga Não à Impunidade sempre...proteste e exerça sua cidadania.
Por nossos filhos, por nossos netos e por toda a sociedade.

Obrigada Glória querida por sempre nos apoiar nessas lutas, que também é sua luta e da qual me faço 100% solidária.

Bjos com carinho

Valentina T. disse...

O absurdo foi mais ou menos revertido. No Brasil o problema é menos o código penal, e mais o de processo e a lei de execuções. Já na faculdade estudávamos o direito penal como um direito de proteção do indivíduo contra o Estado. De certa forma os direitos públicos tem esse viés. Assim as leis penais são cartas de proteção dos que vivem à margem. Bom, né? Pois é. Eu sempre odiei esse ramo do direito. Milito em administrativo.
Tenho ódio da maioria das ONGs que vivem para proteger marginais e que não dão apoio às famílias das vítimas nas suas lutas por justiça e para reconstruírem suas vidas. Direitos humanos para todos sim, mas é preciso repensar o que a nossa sociedade quer seja oferecido. Cadeias decentes para que as penas sejam totalmente cumpridas. Melhoria de educação, saúde e etc para que se reduzam as desculpas da criminalidade. Ok. Mas punições severas são necessárias que tornem os crimes desvantajosos. Hoje o que temos é incentivo para bandido e afronta às pessoas de bem.

Odele Souza disse...

Mais uma evidência de que não podemos ficar calados diante dos absurdos que presenciamos. Uma hora, nossas vozes - principalmente se juntas - poderão ser ouvidas e faremos a diferença na vida de alguém. O que já é uma enorme satisfação.

Neste caso, "a voz da sociedade"fez a diferença.

Beijos!

Fabiano disse...

Menos mal, embora ele merecesse continuar preso.

Anônimo disse...

Glória! Graças a pessoas como vc que tem um peso muito importante na opinião pública é que se consegue alguns avanços e talvez umas pinceladas de justiça. Obrigada por ser sempre tão ativa nestas questões. Confiamos em vc!

profpatricia disse...

Graças a Deus

Suely disse...

Vamos esperar que este assassino não seja protegido pelos Direitos Humanos, pois esse grupo de proteção a assassinos sempre arrumam um jeitinho para apoiar criminosos. Minha irmã foi assassinada em março de 2009 e até hoje minha família não teve apoio de qualquer órgão ou ong, mas o assassino sempre consegue se safar. Creio que só mesmo Deus para consolar a humanidade. Não creio mais nas leis brasileiras e muito menos em advogados, juizes e pessoal dos Direitos humanos, quais os considero "DIREITOS DESUMANOS", ou seja, pessoas que lutam contra a vida dos inocentes.