quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

diferenças culturais

Vejam como é sempre perigoso olhar a cultura dos outros com os olhos da nossa própria cultura: esse vídeo, onde se vê a criança brincando com uma cobra nadja, corre pela internet, tem sido postado em várias línguas até, acompanhado de comentários pra lá de negativos: irresponsabilidade dos pais, ignorância, atraso, todos eles reforçando uma visão preconceituosa da Índia.

A professora Sandra Bose, que escreve o blog Indiagestão, nos manda a explicação:

Soube que o video acima foi exibido na TV brasileira. Gostaria de esclarecer que isso faz parte de um treinamento para o filho de um encantador de serpente, para que a crianca, qdo crescer, não tenha medo do oficio, visto que vai herdar a profissão do pai. No sistema de castas indianos é tradição prosseguir com a profissão do pai e avô, principalmente nas castas mais baixas.




COMPLEMENTANDO-OBSERVAÇÃO

Nas postagens sobre cultura indiana tenho recebido posts ofensivos a uma das pessoas que tem estado sempre presente aqui no blog, nos ajudando, e muito, nessa iniciação ao maravilhoso e complexo universo indiano.
Tenho por princípio não publicar posts anônimos. As discordâncias serão sempre bem vindas, desde que assinadas e identificadas. Quanto às ofensas, definitivamente esse não é o espaço!

15 comentários:

Ricardo Zanon disse...

É necessário respeitar as culturas dos outros países. Se é um costume milenar não podemos nos intrometer e criticar! Como será que os estrangeiros reagem ao ver as imagens de crianças com arma de fogo em punho no Brasil???

Leonor Cordeiro disse...

Acho que você vai gostar de ler “Imaginário indiano nas crônicas de viagem de Cecília Meireles” de Cássia Ducati. O endereço: http://www.geocities.com/ail_br/imaginarioindianonascronicas.html
Abs!
Com carinho,
Leonor Cordeiro

Angela disse...

Oi Glória
Isso mesmo, diferenças culturais devem ser entendidas dentro do contexto de cada país e não apenas criticadas por uma visão míope.
Estou certa de que com a sua sensibilidade, essa novela quando nos mostrar aspectos " estranhos" da India serão expostos e tratados com consideração, eu diria até carinho, que devem ter.
Já estive na India e adoro aquele país...essa novela é um ótimo veículo para que muitos brasileiros entendam melhor a sua cultura, seu povo, suas tradições e percam a idéia errônea que têm.
Já ouvi várias vezes de amigos e conhecidos, " India? Deus me livre você foi foi ver sujeira ?"
Um beijo

Hélio Pimentel disse...

Oi, Gloria.

O site do Estadão tem um vídeo sobre o cinema de Bollywood (a Hollywood da Índia). Se o link não funcionar, clique em VÍDEOS na página inicial do Estadão.

http://www.estadao.com.br/interatividade/Multimidia/ShowVideos.action?destaque.idGuidSelect=DACA0BA9FE32456EB9EF6D82CED5773E

Graça disse...

Querida Glória
Namastê
Conheci seu blog através do blog da Sandra que já acompanho a tempos.
Fico muito contente em saber que está escrevendo uma novela sobre a India. Estive lá 2 vzs e confesso que voltei outra pessoa: mais consciente da minha identidade. dos meus defeitos e qualidades e sobretudo dos meus valores.
E falando em valores, precisamos muito que eles sejam trabalhados. Como geralmente suas novelas abordam temas importantes que acabam influenciando comportamentos, penso que seria uma grande oportunidade para ser trabalhados os valores que precisamos resgatar na humanidade: a paz, o amor, a verdade a ação correta e a não-violencia.
Sugiro que vc conheça um guru indiano chamado Sathya Sai Baba (se é que vc naum o conhece ainda), ele tem discursos fantástico referentes a estes valores.
Desejo acima de tudo, o mesmo sucesso de sempre!
Paz e Luz em seu caminho!
Om Shanty
Graça Bittencourt

Ivonete Silveira disse...

Infelizmente, os pré-conceitos movem o mundo.
Tudo aquilo que é diferente do nosso habitual, do nosso dia-a-dia, tendemos a descrever como estranho e bizarro.
Não seria mais fácil tentar entender primeiro e depois aprender-mos com tudo isso, ao invés de distorcer tudo?
Com certeza seríamos um mundo melhor, pois cada cultura têm muito a nos oferecer.
O primeiro passo é nos deixar permitir.
Mas como é complicado isso!!!

edson disse...

Nossa fiquei arrepiado assistindo esse video a serpente ataca varias vezes a criança e um video que causa polemica , mas como voce mesmo disse temos que ter cuidado em olhar a cultura de outros povos para nao termos uma atitude preconceituosa, isso pra eles e normal passa de geração a geração,mas me deu um medo danado, no final a criança ainda abraça a cobra...Um abraço Gloria....

Anônimo disse...

¡DIOS MÍO! ¿ACASO ESTE VIDEO ES REAL? o es un truco de película, porque si es real es un barbarísmo sea la cultura que sea, hay que proteger a los niños de estas situaciones.
Saludos Gloria un beso y un abrazo desde México donde vimos tu novela la mejor de todas las que he visto (en México) "El Clón"
Laura

Julia Awani disse...

Olá Glória
Só gostaria de lembrar que os encantadores de serpentes são cada vez mais raros na Índia, em decorrência da Lei de Proteção da Vida Selvagem Indiana, de 1972. Diversas espécies estão ameaçadas de extinção e os encantadores são punidos com multas severas. Vou à Índia pelo menos duas vezes por ano levando turistas para onde eles quiserem e sei que são cada vez mais raros.
Um abraço,
Awani Shunyam (Julia Pierri)

Julia Awani disse...

Gostaria muito de colaborar com a pesquisa sobre a Índia. Conheço profundamente o país e o povo. Conheço mestres e gurus e paisagens incríveis e espetaculares fora do circuito mais turístico da Índia, como os impressionantes astrólogos de Tamil Nadu, gurus de adavita vedanta e doutores em ayurveda. A Índia é sempre uma experiência transoformadora e arrebatadora para qualquer viajante. Marca profundamente quem a conhece, mesmo que de início através de um forte choque cultural. A Índia é mãe, amiga e irmã, é um país de alma feminina que nos ensina a olhar para dentro e confrontar as nossas sombras mais assustadoras com coragem de quem realmente busca. Por trás da sombra, nossa luz.

Fico feliz que a novela vá promover este que é meu segundo lar. Enfim, estou à disposição para uma conversa ou bate-papo eventual.
Namaste
Awani (Julia Pierri)

elisabete do encanto disse...

Respeitar o ser humano esta dificil,imagine a cultura de povos diferentes!

Gloria

Nao meleve amal, gostaria de saber se vc esta recebendo os emails sobre a India que estou mandando.
ObrigadaQUERIDA!

n* disse...

A lo poco que entendi, es real y tiene razon de ser este metodo: heredar el arte del encantamiento de serpientes.

Pero no nos dejen asi!! que pasa cuando la serpiente muerde al niño!?? Porque no explican todo el procedimiento? no nos dejen a medias!

Ojala podamos en México leer la novela (o verla..?)

Saludos y "beijos"

Berenice disse...

Es impresionante, no me gustaria que una de mis hijas pasara por eso. Aunque debemos respetar las culturas y no juzgar, el buen juez por su casa empieza.
Sra. Gloria mis felicitaciones para usted, hace un trabajo maravilloso y soy admiradora de sus novelas. Que Dios la bendiga.
Saludos desde Tijuana, Mexico

Claudia disse...

Acho vc uma Libriana,FANTASTICA,por todos os trabalhos que vc realizou.SOU SUA FÃ! queria te pedir para colocar o ator Sergio Hondjakoff,(Ele fez o "Cabeção" na "Malhação"por um tempão)É no qual,tambem sou fã,em um papel em sua nova novela.Pois lí num site que ele foi no dia 21/05 no Teatro Municipal,conhecer "SRI SRI RAVI SHANKAR",Declarando "Que com certeza,um dia irá na India.E que seu maior sonho,seria ser convidado para a nova novela da Gloria Perez".O menino e talentoso,tem carisma,e hilariante,Querido pelo publico de todas as idades,e tambem faz drama,melhor do que muitos que estão no ar.PORFAVOR DÁ UMA FORÇA PARA O SERGINHO! ele merece e vc com certeza não se arrependerá.Ao contrario,me mendará um e-mail agradecendo meu pedido e sugestão(rs)OBRIGADÃO pela paciencia e atenção. um ENORME BEIJO de sua Fã,
Claudia Facioli

Anônimo disse...

oi gloria nao e cobra nadja e sim cobra naja