domingo, 30 de maio de 2010

Casamento indiano



A Cora Ronai já escreveu recentemente sobre eles, mas ainda não consegui encontrar o link para postar aqui.

Pois é, estávamos as duas ali na Roberta Sudbrack, quando chegou na mesa um champagne, oferecido por um casal presente: ele indiano, ela brasileira. Uma simpatia, os dois. Moram há muitos anos na Europa e se conheceram lá. Amaram Caminho das Indias, que assistiam pela internet. E estavam comemorando o noivado.

Tinham acabado de ficar noivos, da maneira mais romanticamente indiana possível: No dia 5 de maio, mes 5: a soma dos dois, o 10, é um número pra lá de auspicioso! Siddarth convidou Chris para um passeio de helicoptero. E ali, diante do Cristo, "entre o céu e a terra", como explicou Siddarth, ele deu a aliança de noivado a Cris!

O casamento vai ser no final de de 2011, e eu e Cora estamos convidadas! e lá vamos nós, para a terra de Ganesha, comemorar com a Cris o Siddarth.

Na foto, o Hugo Barreto, a Cora, eu, a Cris, a Beth Goffman e o Siddarth

10 comentários:

Piracicaba disse...

Cara Glória,
Encaminho um trabalho de minha autoria, para que você divirta-se um pouco! Abraços,
João.
O COLECIONADOR DE FRASES
Autor: J.U. Nassif
joaonassif@gmail.com
Antonio Castro, mais conhecido como Castrinho aos sete anos de idade passou a atuar como coroinha, ajudando na celebração da santa missa. Ficou fascinado com a missa em latim. O primeiro trecho que procurou traduzir, com a ajuda do Padre Bento foi Kyrie Eleison.
Do grego,
KYRIE ELEISON
Kyrie eléison. Kyrie eléison. Kyrie eléison.
Christe eléison. Christe eléison. Christe eléison.
Kyrie eléison. Kyrie eléison. Kyrie eléison
Traduziu para o português:
KYRIE (PERDÃO)
Senhor, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós
A satisfação de conhecer o significado das palavras que estava falando dava-lhe um enorme prazer, e também certa superioridade junto aos colegas coroinhas, que a principio estranharam o fato daquele menino da idade deles saber grego, latim. Uma mistura de ciúmes e fascínio ...O CONTO COMPLETO ESTÁ NO
http://blognassif.blogspot.com/

sergio disse...

Gloria é um prazer falar com voçê,sou o Sergio o seu mais novo seguidor,mais uma vez estou aqui reforçando o convite para visitar o meu blog www.sergiodantas.blogspot.com/ um espaço em que divulgo os meus livros que estou escrevendo,sou um escritor amador,mas gostaria muito que a senhora visitasse e seria um grande prazer que mi seguisse ou deixasse um comentario.Muito Obrigado e estou aguardando a sua visita,pois desde ja a considero como minha madrinha nesta minha nova fase!Um grande abraço e muito sucesso!! Att:Sergio

sergio disse...

Gloria é um prazer falar com voçê,sou o Sergio o seu mais novo seguidor,mais uma vez estou aqui reforçando o convite para visitar o meu blog www.sergiodantas.blogspot.com/ um espaço em que divulgo os meus livros que estou escrevendo,sou um escritor amador,mas gostaria muito que a senhora visitasse e seria um grande prazer que mi seguisse ou deixasse um comentario.Muito Obrigado e estou aguardando a sua visita,pois desde ja a considero como minha madrinha nesta minha nova fase!Um grande abraço e muito sucesso!! Att:Sergio Dantas

Catiane disse...

Oi Glória!
Sou Catiane, a jovem que conversou com você no lançamento do guia de novelas e minisséries, realizado na PUC, sobre a novela "América" e sobre o final muito tocante de "Caminho das Índias", em especial a cena em que "Opash" acolhe novamente seu neto "Dalith", provando que o verdadeiro amor supera tudo. Com a novela, aprendi muito sobre a cultura indiana, retrada em cerimônias, como casamentos,funerais e a complexidade dessa civilização fascinante, que prioriza a sabedoria, o conhecimento. O evento, além de complementar meu aprendizado sobre essa cultura tão paradoxal, despertou ainda mais minha curiosidade, gerando, em mim, muitas perguntas a respeito dessa civilização!!!
Com carinho,
Beijos!

rachel disse...

Mentes perigosas
Estou lendo e é impressionante como nos deparamos com essas pessoas pelo caminho. Eu mesma tenho bem proxima uma assim, uma sindica que inferniza o meu predio e o pior tem pessoas ali que acham que ela é vitima, muita gente já saiu de lá por causa dela, como nos proteger dessas pessoas?
nossa, isso dava uma novela...rs..
bjs

rachel disse...

Queria seu email, é possivel?
quel_mt@hotmail.com

Cora disse...

Oii Glória,
Quase todos os dias estou sempre passando no seu blog,e te sigo também no Twitter!Sou sua fã,vim aqui deixar um grande beijo com muito carinho,

Cora Coralina

Pirins disse...

Gloria vc que é fä de cultura tem que nos dar a honra de vir aqui na cidade de Goiás-GO onde acontecerá do dia 8 á 12 de junho o festival internacional do cinema ambiental.É maravilhoso!!!Qualquer informação entre em contato,abraço.Rosana

Iury disse...

Glória, acompanho há algum tempo o seu trabalho e desejo muito falar com você.Já tentei por diversas vezes falar com alguém próximo a você e nada consegui. Sei que pode parecer estranho o meu desejo de falar... mas sei que se eu conseguisse talvez pudesse realizar o meu sonho. Por favor, caso você leia esse comentário me permita ao menos uma vez contar o que tenho. Serei breve, pois sei dos seus afazeres. Cordialmente, Iury.

Iury disse...

Glória, não sei como proceder. Tenho tentado falar por diversos meios com você. Descobri o seu blog e nao acreditei que teria um meio tão próximo para falar. So que nao obtenho resposta. Por favor, prometo ser breve. O meu e-mail está abaixo:
iuryhelder@hotmail.com