sábado, 8 de maio de 2010

Revisitando as raizes

E aqui estou eu, em Rio Branco, Acre, de volta a onde tudo começou. A terra da gente é que nem colo de mãe!


49 comentários:

Rangel Castro disse...

hola gloria sou rangel de rio branco acreano de coraçao, moro atualmente em barcelona e adoro muito seu trabalho, estou a 3 anos fora do acre rsrs muita saudade dar so em ver as fotos, os acreanos sem duvida ficam contentes so em saber q vc esta ai, uma grande profissional acreana conhecida internacionalmente... um grande bjooo

Jaboticaba Preta disse...

Concordo plenamente! Ainda mais quando se vive no exterior. Beijocas e feliz dia das mães para você.

maria disse...

que linda a sua terra! espero um dia conhecer! beijos!

Rousy Moura disse...

E vc sempre elegante!!
FELEIZ DIA DAS MÃES!

RoCosta disse...

Glória, já dizia muito bem Mário Quintana: 'Quem disse que eu me mudei? Não importa que a tenham demolido:A gente continua morando na velha casa em que nasceu.'
Forte abraço!

Juliana disse...

Revisitar nossas raízes deve ser como virar do avesso. É tão pouco o que realmente importa né?

Beijos Glória Perez!!!

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LARA PAIVA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanda disse...

lindas fotos! tenham uma optima semana, beijos grandes! Vandinha

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Odele Souza disse...

Que bonitas as fotos Glória.
É mesmo, a terra da gente é tão importante pra nós. Nossas raizes, nossa gente.

Beijos e boa semana,

Palewa disse...

Minha mãe, mesmo tendo tido muitas dificuldades na vida e alguns defeitos nem tão fáceis de suportar, para mim ainda assimelaé a mulher mais bela que ja conheci. Tudo o quesou devo à minha mãe, mesmo ela já tendo erradomuitona vida comigo. Atribuo todos meus sucessos nesta vida ao ensino moral, intelectual e físico que recebi dela. Glória, eu aposto que se Daniella Perez e Rafinha pudessem estar aqui presentes hoje eles lhe diriam que tem muito orgulho de você! Uma mãe não abandona um filho jamais, não pode a morte destruir essa união e não há desgosto capaz de afastar uma mãe de sua cria... felicidades querida! Beijos.

Tanner Menezes disse...

Gosto muito do que escreve e de suas novelas.
Atualmente estou terminando meu curso de direito e escolhi um tema muito complexo: "Psicopatas Homicidas e sua Punibilidade no atual sistema Penal Brasileiro", uma das coisas que me levou a escolher este tema foi o seu caso... e infelizmente para o crescimento de muitos tem de haver o sofrimento de poucos... e graças a sua força e luta tivemos o avanço com a criação da Lei de crimes hediondos. Gostaria muito que vocÊ me auxiliasse no meu trabalho. Meu email é tannerrnm@hotmail.com

Obrigado e Feliz dias das Mães.

Grato,

Tanner N.M.

edson disse...

Lindas fotos vc com o saulo devem reviver na memoria momentos de sua juventude na terrinha amada, nossa raizes são inesqueciveis.......

Leonardo Medeiros disse...

Bom demais voltar às raízes ne? Estive nesse fim de semana em Belo Horizonte, minha terra natal, onde guardam e escondem todas as minhas melhores memórias.


Beijos

jeise disse...

eu moro aqui em Rio Branco...
e fico feliz por saber que voçê estava aqui na minha,na sua e na nossa cidade.

jeise disse...

eu moro aqui em Rio Branco...
e fico feliz por saber que voçê estava aqui na minha,na sua e na nossa cidade.

Paciente IRS ® disse...

Oi D.Glória Perez,
A senhora em uma futura novela poderia abordar a problemática dos pacientes psiquiátricos que se adaptam ao modelo hospitalocêntrico, pois estes são um público silenciado pela imprensa que apenas apoia a antipsiquiatria, por modismo.
O hospital psiquiátrico público humanizado pode e deve ser tão bom quanto o CAPS.
O direito de escolha do paciente deve ser mais importante do que uma falsa liberdade apregoada pelos modelos ditos substitutivos.
Por exemplo, o nosso poeta Ferreira Gullar como pai, advoga internações necessárias. Eu como paciente defendo que o hospital psiquiátrico deve existir para os pacientes que desejarem tal dispositivo.
A verdadeira democracia é a liberdade de escolha, a extinção de leitos psiquiátricos é imposição sob falsa bandeira liberdade.
Que liberdade é essa que ceifa vida de doentes mentais que não se adaptam à sociedade e aos preceitos antimanicomiais?
Onde há impasses há aprendizagem e qualidade social. O que não acontece quando expomos apenas um dos lados como ideal, isto gera apenas massa social sem crítica.
Onde há polêmica há um chamamento social para a questão.
Desabafo por mim e por centenas de pacientes que estão sendo silenciados pela ditadura antimanicomial.
Abraço de uma fã que há muito acompanha o seu trabalho.

Giovana disse...

Que delícia! A Dona Guguta foi tb! E o Saulo!

Beijos em todos.

Piracicaba disse...

Glória, vi outro dia uma frase muito curiosa: "Onde estão os nossos pés, está a nossa cabeça".
Desejo que aproveite muito esse maravilhoso passeio.
Abraços,
João Umberto

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa disse...

Porque de tal manera amó Dios al mundo, que ha dado a su Hijo Unigenito, para que todo aquel que en el cree, no se pierda, mas Tenga Vida Eterna!

Juan 3:16

Cruficicado por mi fue Jesús,
de tal manera me amor.
Sin murmurar fue vellado a la cruz,
de tal manera me amor.
De tal manera me amor,
de tal te amor,
Cristo en la Cruz del Calvario Murió,
de tal manera te amor!

Dios te Bendiga!
=]

TERESA CRISTINA disse...

Glória, não sabia que você era de Rio Branco... Acho que você deve ter tido uma infância maravilhosa. É sempre bom voltarmos às nossas raízes, isso nos fortalece para seguirmos em frente. Abraços. Teresa Cristina - Uberlândia - MG. Blog - http://www.teresacriscunha.blogspot.com/

Dricka disse...

Glória,
Eu tenho uma amiga polonesa que é sobrevivente do holocausto, ela foi entrevistada por Steven Spielberg quando ele fez a lista de schindler, será que seria do seu interesse ler o depoimento dela? São só umas quatro páginas que qualquer pessoa chorar de emoção... Seria um orgulho para muitas pessoas se vc pudésse ter acesso a este interessante conteúdo..
Bjs,
Dricka

kellen disse...

Gloria,

Gostaria muito, muito mesmo, de ver alguma novela que tratasse o tema da infertilidade. O sofrimento de uma mulher que nao pode ser mae.
Estava buscando por filmes que tratassem desse tema e descobri que existe muito pouco material sobre o assunto. E resolvi procurar uma maneira de te mandar esse recadinho.

Tenho 27 anos, e descobri aos 16 que nao poderia ser mae, devido a uma ma formacao genetica. Gostaria muito de ver esse tema retratado na tv.
Apenas uma sugestao...
beijos

Giselle disse...

Gloria, ja sei um tema pra sua proxima novela. Fala sobre uma bisavo energica, teimosa e sobretudo querida que faz tudo por todo mundo, inclusive levar o bebezinho no carrinho com sei la que forca pelas calcadas depredadas de Sao Paulo! Serio, eu nunca vi uma velhinha que de velhinha nao tem nada feito essa... Ela e mais ativa que eu! E da um pau em todo mundo, vai fazer o maior sucesso... A Dona Desiree vai achar o maximo. Ou melhor, conhecendo ela, talvez nao muito. Talvez ela diga que faz melhor que a Vera Fischer ou sei la quem voce vai botar. Mas, enfim. Fica a dica!!!

catia almeida disse...

Oi Gloria
Como vc disse de volta onde tudo começou, ou seja, essa sua trajetória brilhante como mulher e profissional.
Beijos
Catia Almeida.

alice disse...

que legal essa viagem em família,o lugar parece lindo

kasame_77 disse...

Rio Estranho
(Música de Pia Vila, Felipe Jardim e Romerito Aquino)

Acre, rio estranho,
cheio de curvas e barrancos.
Um rio torto que não vê o mar.
Um rio torto que não vê o mar

Mais que nunca, no inverno,
tuas águas vão rolar:
enche Bahia, Cadeia Velha, Cidade Nova
Aeroporto, Seis de Agosto e Palheiral.

Me ensina a viver, pra ver o tempo passar
e no barranco vou ficar a te mirar.
Me ensina a viver pra ver o tempo passar
e no barranco vou sentar e recordar.

Faz teu povo te considerar.
Ensina teu povo lutar e amar.

É, NOSSAS RAÍZES!
Bjkas
Karine

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zebulom disse...

"Orgulho de ser Acreano"
Volte sempre!!

Lilian Midore disse...

Meu comentário infelizmente não é sobre o blog, na verdade, eu queria te contar uma história que estou vivendo. O assunto é sobre falsidade ideológica na internet, onde o meu "namorado" é minha melhor amiga, um tema que ainda não foi apresentado pelas novelas. Se interessar entre em contato, é bem curiosa, parece novela! Obrigada pela atenção.

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veri disse...

Olá, Glória, perdoe-me a forma de contato, mas achei melhor contatá-la diretamente. Meu nome é Veridiana Oliveira e tenho ideias para uma nova novela. Sei que está em férias, merecidamente, mas sonhei com você, no meu casamento e para mim a simbologia dos sonhos significam encontros. Pode até parecer loucura, mas no meu sonho você pediu que eu a procurasse. Caso queira saber do que se trata mande-me um e-mail: raio_sol@hotmail.com , ficarei grata em poder, ao menos, relatar minha ideia. Sem mais, que Deus ilumine a ti e a tua família sempre.

Anônimo disse...

Gloria, gostaria de saber uma imensa informacao...meu sogro fara 60 anos semana q vem e gostaria de escrever para ele falando sobre o termino do ciclo de uma vida e começo de um novo como eu vi no aniversario de manu da novela caminho nas indias...onde eu acho sobre isso????? Lili ...pode responder por aqui

Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Helio Thompson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
wallace souza disse...

oi! meu nome é walace, por favor, me passe seu email, ou outro qualquer, pra mim, te escrever. la vou dizer oq quero! por favor q deus toque em seu coração! tenho 15 anos, moro no interior de minas gerais! beijos walace souza!

Prescila Alves Pereira disse...

Olá Glória: saudades e por isso estou aqui. Amei ver as fotos de sua Terra Natal. Hj estou em Londrina, visitando a mãe de meu esposo. Olha, eu acredito que os espiritos visitam seus entes queridos nas datas mais especiais, como o dia das mães por exemplo. Assim sendo, tenho certeza que a Daniela sempre se alegra com você nos seus bons momentos da vida. Grande mulher, te admiro muito. Meu abraço carinhoso.

Helio Thompson disse...

A razão para se retornar ao início de tudo, pode ser a oportunidade de fazer um novo sentido, seguindo uma nova direção. Como se através dos passos passados, viesse toda a afirmação de que novos passos podem ser dados, para uma vida nova, novos ares, PAZ,
mais amor no coração.

Esse é o meu desejo.
Bjo.

Terezinha Casseb disse...

Oi Glórinha! que bom ver vc, Saulo e Guguta, visitando nossa terrinha!!! espero q volte em breve...pena q não pude ver minha ilustre madrinha!!!!!bjos Terezinha...

Anônimo disse...

Oi Gloria,Tudo bem com voce?Vi as delicias que voce postou no twitter,ja ouviu falar em Haggis e uma comida tradicional aqui da Escocia,quando eu for ao Brasil te levo um pra provar.Quando seu livro ficar pronto me manda um aoutografado ok?Beijim

Efigênia Coutinho disse...

Gloria, como sua FÃ,não poderia passar aqui em branco.
A terra da gente é colo sempre,
meus cumprimentos a grande pessoa que você é,
Efigênia Coutinho
in New York

Sayonara Salvioli disse...

Que bacana, Glória!!! Ralmente, visitar a terra de origem é como recarregar as baterias!... Também sinto o mesmo quando visito a minha. Preciso, de vez em quando, passar uns dias na casa em que cresci... olhar um rio que passa... e a capela, do outro lado! [emoções de infância]
Que bom você estar de volta para dividir conosco as novidades e as informações de suas postagens!...
Responda-nos uma coisa, por favor: como conseguiu ficar tão esbelta, manter-se elegante, visitando a terra natal com as comidas locais? rs
Beijos :)

Luca Martins disse...

queria conhecer o lugar de origem de minha família materna tb.. apesar de viver boa parte da bida em Manaus, nunca fui ao Acre.. voltar assim às origens me emociona e me lembra Cinema Paradiso

lu trevejo disse...

Vejo um clarão no meio dos galhos da árvore.
É a energia que emana de lugares e pessoas cheias de paz, sabia?

Eliana Gerânio Honório. disse...

Fico feliz que tenha descançado.

Muitas felicidades.

zazá barros disse...

Oi Gloria!! Topas transformar um texto regionalista em uma grande novela? Você gostaria de falar um pouco sobre a miséria de nossos irmãos nordestinos? Diante da arrogância imoral do poder político e repressor, imposto pelos políticos e coronéis dessa região de nosso Brasil. No ano de 2003 tive idéias de como personificar a mulher que o Caetano Veloso, cantava naquela musica chamada de [linda] por eu achar aquela musica bela, comecei a imaginar a historia daquela mulher, daí minha nega! Não deu outra acabei por criar AS ACÁCIAS, um belo romance com fundo espírita com delicioso, e saudoso gostinho de Jorge amado. O guardo com carinho, para o mostrar no momento certo e na hora exata de uma oportunidade. Assim como aguardo o momento de o materializá-lo em livro. Se o mesmo a interessar?? Estou aqui.beijos! obs. Barriga de aluguel, marcou a minha vida, estava feliz!

José Victor disse...

Lindas as fotos! Adorei aquelas janelas em forma de losango.