sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Coisas da Índia: Shantala


Shantala é o nome dessa mãe que Frédéric Leboyer encontrou em Calcutá, massageando seu bebê.

Fascinado pela arte, que além de aprofundar a intimidade, a cumplicidade, e os laços de carinho e confiança entre mãe e filho, traz uma imensa sensação de bem estar aos bebês, ele a difundiu no ocidente, e deu à massagem o nome de Shantala.

É um dos belos costumes indianos que você vai ver em Caminho das Índias.

28 comentários:

Renata Dias Gomes disse...

Eu fiz muita shantala na minha filha quando era bebê. Uma delícia para as duas.

Anônimo disse...

Oi!

Acho que já vi uma técnica parecida numa reportagem. Algumas senhoras faziam-na em bébés orfãos e explicaram que era para eles sentirem afecto, que afecto é muito necessário para o desenvolvimento delas!

Margarida Santos

Marcia Costa costamarcin@gmail.com disse...

Como sempre teremos uma aula de cultura! Gloria queria gostaria de escrever tantas coisas a vc, uma mulher forte, linda inteligente... uma MULHER! Obrigada pelo que nos proporciona como cidadas! E como pessoas sedentas de cultura e humanismo! Estou aqui te indicando tb, com sua permissao um video de um ator fantastico que tem sido mto assistido e tem trabalhos concorrendo a premios no youtube.A trilha tb é dele. Beijos, ainda quero te contar uma estoria pessoal, eu volto amada!PAZ à todos!
http://br.youtube.com/watch?v=iBYBzNLyylE

Matheus Braga disse...

Sempre fui Massageado pela minha Mamãe e pelo Papai...Gosto até hoje, principalmente nos Pés antes de Deitar, recebo quase todos os dias...E só agora ficamos sabendo o nome desse Carinho...É Muitooooooooo Bommmmmmmmmm...Parabéns...Abrs. Matheus Braga!!!
www.matheusbraga.com.br

Mateus disse...

gloria,
essa é uma coisa muito boa de lá.me lembro de ver, e a primeira impressao foi muuuito estranha,as maes "ninando" seus filhos com quase pancadas...rsrsrsrsrs...elas chacoalham as crianças como se estivesem sem paciencia.aqui no ocidente a gente tem todo aquele cuidado com os bebes e nao fala alto, anda pisando em ovos, cobre, sai de cima do bebe, etc,etc.na india nao!!!os bebes primeiro tem um cordao amarrado ao redor da cintura,depois os olhos pintados de kajal(q tempropriedades de proteger os olhos contra infecçoes e é usado desde antes de Cristo)e por diante vivem pendurados aas suas maes como macaquinhos,é lindo.sempre grudados aos corpos de suas maes,como marçupiais.e depois tem tambem as massagens com oleos as crianças ficam completamente relaxadas.
o q eu disse sobre as "pancadas" a meu ver éo mais sensacional, sabe qdo vc anda de carro numa estrada ruim e tudo pula e vc entrega seu corpo e ate dorme?è assim lá as maes balançam as crianças com veemencia,como o trepidar de carro, e elas dormem quase q instantaneamente...rsrsrsrs...muito bom.

denise rangel disse...

Nossa, eu fiz muita massagem em meus filhos e minha filha repete o mesmo com minha netinha. Acalma e estreita os laços entre ambas.
Esta novela promete.
beijo,menina

VICTOR PIRES disse...

Oi Glória!

Já tinha visto este tipo de massagem e não sabia que tinha origem indiana.
Parece que no ocidente tem muito da Índia e que nós não sabíamos que vinha de lá.

Beijos!
Victor Pires
victorjgpires@hotmail.com

Odele Souza disse...

A massagem, principalmente quando feita com técnica, é mesmo um excelente meio de levar bem estar,inclusive para pessoas acamadas há longo tempo. Essa imagem de Shantala massageando seu bebê está uma ternura.

maristela disse...

Sou brasileira e fui iniciada no Sik Dharma, religião originaria do Punjab. É aquela religião que homens usam usam turbante. Fui iniciada diretamente por um - considerado - grande guru tântrico paquistanes da Regiao do Punjab. Vivi num ashram do sik Dharma durante 3 anos para formaçao em Kundalni yoga e estudos da religião o que me foi extremamente rico e magico, na época. Recebi um nome espsiritual do guru que concede ä mulheres o titulo de princesas.
Hoje sou escritora e contei essa historia no meu livro autobiografico O CAMINHO SE DESCOBRE SOMENTE AO CAMINHAR. Casei em 2006 na India numa cerimonia inesquecivel dentro dos moles hinduistas...Meu marido é brasileiro mas tem aparencia de idiano, ele é uma especie de sacerdote na nossa atual ordem espiritual nao ligada ao Sik Dharma. Fomos habilitados para realizar cerimonias e rituais belissimos do fogo sagradao, inclusive casamentos. Esses rituais deveriam ser mostrados na novelas pois eles expressam intensamente elementos que forma a base da cultura hinduista.
Maristela córdova
WWW.AERADALUZ.COM
CONTATO@AERADALUZ.COM

Márcia disse...

Olá, Glória! Quando vejo em seu blog uma mãe indiana junto de sua cria e expressando tanto amor, me vem à cabeça a questão do vegetarianismo. Aprovieto a oportunidade de solicitar que o assunto seja tratado na novela de uma forma o mais real possível e dando ênfase à sua importância, já que proporciona uma qualidade de vida em vários aspectos. Saúde física, emocional, social, ambiental e que coisa boa é ter certeza de que o que se come não gera sofrimento para um animal. Fica aqui uma bandeira erguida em favor dos animais e seus direitos. Um grande abraço
Márcia Amaral

Anônimo disse...

Prezada Gloria Perez, gostaria de enviar um e-mail para voce. Tambem nasci em Rio Branco, mas sai de la em 1970. Gostaria de sugerir um tema de uma doença reumatica, para ser divulgado dentro da sua proxima trama, seria possivel? Meu e-mail é eidinaqueiroz@ig.com.br, moro no Rio e espero um contato. Beijinho.

Iza disse...

Sou professora de Shatala, já ensinei muitas mãe aqui em Florianópolis ..... Muito bom essa sua iniciativa de divulgar essa arte maravilhosa. Parabéns
Namastê

Nathália Ramos disse...

Olá! Meu nome é Nathália, sou estudante de Psicologia da UFF e venho por meio deste lhe fazer um pedido. Eu e mais cinco meninas temos realizado uma pesquisa sobre a Reforma Psiquiátrica, seus desdobramentos, impasses... A pesquisa, no momento, está voltada para o trabalho de campo, ou seja, recolher dados que sustentem (ou não) as nossas hipóteses e para isto estamos fazendo entrevistas com os profissionais que trabalham em saúde mental e com pessoas que tenham contato com os usuários da rede de saúde mental. Vimos que em sua próxima novela, você irá abordar a realidade de um esquizofrênico e então gostaríamos de poder entrevistá-la. Nosso objetivo é ouvir de um não-profissional sua opinião acerca da configuração atual da saúde mental, principalmente, no estado do Rio de Janeiro. Espero que você possa nos ajudar.
Desde já agradeço!



p.s: Peço-lhe que me responda por e-mail: nathaliaramos2@hotmail.com

Ananda Pombo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Butterfly Yogi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Camilo disse...

Indicação de Filme: Nome de Família da diretora indiana Mira Nair. Um belo filme que retrata de forma delicada as dificuldades da migração de uma família indiana para a América. O mundo dividido de Gogol, entre a cultura de seus pais e a cultura do país em que nasceu. Ótimo também poder ver alguns rituais indianos como as festas de casamento, funerais, etc. Nota dez! Vale a pena conferir.

Rose disse...

Oi Glória, adoro as suas novelas, gostaria de dar uma opinião. Convida o Dalton Vigh para participar da novela Caminhos da Índia, pois ele é muito talentoso, ele passa veracidade aos telespectadores ao representar os seus personagens, ele tem química com seus pares românticos, as noites sem ele nas telinhas estão muito triste, Boa sorte para você e espero que você aceite a minha idéia. Beijos e boa sorte. Rose

A Revolta das Travas disse...

Quem será a vilâ da sua novela, amada?
Vai ser a Cléo Pires ou a Malu mader?
To doida querendo saber quem vai infernizar a vida da Juliana Paes...
Risos! Não vejo a hora de começar a sua novela que deverá ser linda como todas as demais!

Christopher disse...

Oi! eu tou ficando loco por assitir a sua nova novela. Eu Acharia muito bacana si você desse mais uma oportunidade a Giovanna Antonelli pra protagonizar mas uma novela e volta asim ao horario nobre da globo.

alessandro almeida disse...

Prezada Gloria ,
Namaskar !
Que Ganesh , desde já , lhe proteja com o projeto da nova novela
Vc já leu o livro India um Olhar Amoroso ?
Caso não,gostaria de lhe emprestar
Embarco para India no dia 11 SEP
Se vc precisar de alguma info, conte comigo
alessandro@personaltravel.com.br

vivendo disse...

Glória,
estou ansiosa para ver sua novela!Meu filho nascerá ano que vem e acho que a shantala vai nos ajudar muito!!Estou curiosa para ver sua abordagem sobre a esquizofrenia, e espero que como sempre vc faz, isso possa ajudar os que sofrem...beijo, Viviane

Anônimo disse...

E por acaso a novela terá algum fórum onde as pessoas com dúvidas poderão ser esclarecidas por pessoas que entendem do assunto?
Ou mesmo linha de apoio?

As milhares de questões que essa novela pode provocar, vão ficar sem resposta?

Profª Sandra Bose disse...

Apos massagear o bebe todinho dos pes a cabeca com oleos ayurvedicos, a crianca eh colocada na bacia com agua morna onde a mae simplesmente joga agua no bebe, SEM SABONETE, retira, enxuga, poe talco. Para os pobres a coisa para por ai, para os classe media coloca-se roupa. NAO se lava bebes com sabonete aqui na India. Mesmo na vida adulta a tradicao de passar oleo no corpo antes do banho e depois so jogar agua por cima continua e creio que deve ser o correto pois a pele dos indianos eh LINDA, macia, e sem manchas como a nossa!!!

Profª Sandra Bose disse...

Perdao, esqueci de dizer que devido a massangem diaria antes do banho, os bebes indianos tem pouca colica e choram bem menos pois a mamae da sempre muita atencao a massagem na area da barriguinha do bebe.

Bárbara Coutinho disse...

Olá, gostaria de saber qual o seu e-mail de contato com telespectadores. Obrigada.

Denise Gurgel disse...

Olá! Sou fisioterapeuta materno-infantil e desde 2002 dedico-me a ensinar mães e bebês os encantos de Shantala. Fico feliz que a novela mostre Shantala, dessa forma aprendemos mais sobre a riqueza dessa massagem que une corações.
Fiz uma matéria sobre Shantala para Ana Maria Braga, acessem o site! Um abraço!
www.cursoshantala.com.br

mfcepm disse...

Olá Gloria,
Esta é uma das técnicas de massagem que derivam das massagens ayurvédicas, acalmam a criança e fortalecem o vínculo entre os participantes.
Eu trabalho com saúde pública em SP pela UNIFESP e tenho formação em Ayurveda, e , por sorte, recebi muitas dessas massagens na minha infância.
Todo esse histórico justificou o trabalho em grupos que venho desenvolvendo na periferia de SP para ensinar essa técnica, e tentar, com isso, aumentar a qualidade de vida e de cuidados recebidos por essas famílias.

Através deste recado agradeço por abrir as portas para abordarmos o assunto, sem muitas apresentações agora passou a ser muito melhor aceito!

se quiser conhecer um pouco mais do nosso trabalho com Ayurveda está em : http://medicinaayurvedica.wordpress.com/


Att

Dra Ramya Bokkolla

Ramya Reddy disse...

Olá Gloria,
Esta é uma das técnicas de massagem que derivam das massagens ayurvédicas, acalmam a criança e fortalecem o vínculo entre os participantes.
Eu trabalho com saúde pública em SP pela UNIFESP e tenho formação em Ayurveda, e , por sorte, recebi muitas dessas massagens na minha infância.
Todo esse histórico justificou o trabalho em grupos que venho desenvolvendo na periferia de SP para ensinar essa técnica, e tentar, com isso, aumentar a qualidade de vida e de cuidados recebidos por essas famílias.

Através deste recado agradeço por abrir as portas para abordarmos o assunto, sem muitas apresentações agora passou a ser muito melhor aceito!

se quiser conhecer um pouco mais do nosso trabalho com Ayurveda está em : http://medicinaayurvedica.wordpress.com/


Att

Dra Ramya Bokkolla