terça-feira, 30 de dezembro de 2008

India: casamentos arranjados

Pode soar estranho pra nós mas, na Índia, o costume é que os casamentos sejam assim, "arranjados". Como também soa estranho, pra eles, essas exigências nossas de deixar que os sentidos escolham os nossos pares!

Os indianos fazem uma analogia entre o casamento e uma chaleira com água: dizem que nós casamos quando a água está fervendo, e durante o casamento ela só faz esfriar! eles se casam com a água fria, e durante o casamento a fazem ferver.

A professora Sandra Bose mostra, nesse video, o caderno de casamentos do jornal de domingo na India:

17 comentários:

Simone disse...

Tenho certeza de que você nos dará um aula sobre a India no decorrer da novela.
Vou aguardar, por que até lá menina, não consigo desgrudar os olhos da Favorita...kkkkkkkk.
Um feliz 2009 para você.

Virgínia Mayrinck disse...

Primeira vez aqui, de muitas que virão.
Adorei os posts sobre a Índia. Continue postando informações e curiosidades, vou me deliciar.

Anônimo disse...

oi,Gloria.. Eu achei super-interesante essa matéria de como são realizados os casmentos na Índia..Em pleno o século 21,é quase que impossível acreditar que ainda exista determinadas civilizações que se casem de uma forma tão peculiar assim..Derrepente mesmo tão diferente de nós, que temos outra visão de casameno, os indianos nos deixam admirados com o censo de praticidade e comodidade de arranjar um casamento arranjado através de um anuncios de jornal(achei isso otímo).. Bem como nos brasileiros somos(latinos),vivemos paixôes mais avassaladoras,acredito que não conseguiriamos viver em casamento arranjado..Gloria estou aquardando a estréia de Caminho Das Indias concerteza mais um grande sucesso seu que vou apreciar..Para você ADAMASTÊ um carinho no seu coração e um feliz 2009..

Dany Fonseca disse...

Glória,
Que Nossa LUZ ilumine o mundo
Que nosso AMOR ultrapasse todas as barreiras
e que, enfim
Seja restaurada a
PAZ na TERRA!
Feliz 2009!

Isa.C disse...

oi glória, foi sem saber que vim parar aqui. vi as fotos da Dany e me recordo daquele dia. era criança e minha familia assistia revoltada a televisão. minha vó gostava muito dela.
pois, bom ano para você e a dany deve ser super orgulhosa da mãe que tem.

Sinara disse...

Os costumes na India analisando pelo lado cultural são bem interessantes e ricos mesmos, para os ocidentais estes costumes soam no minimo como "coisa de doido". Era assim que classificavam algumas pessoas há alguns anos atras quando eu matinha contato com um rapaz indiano que residia no Canadá, aprendi alguns costumes como: Além dos anúncios existem os corretores que intermediam o enlace. Como são "astrologos" por natureza costuma-se fazer a sinastria do mapa astral dos noivos para ver se se darão bem. A mae perde sua filha, assim como a sogra ganha esta filha que morará em sua casa dali em diante. Como se dividem em castas a mãe da noiva sempre procura alguém de uma casta que possa "comprar". Geralmente a mulher é soberana mas só dentro de casa. Um garoto de casta inferior jamais bricará com de casta inferiro, assim como os meninos não podem ter amizades femininas, e muitos oitros onde espaço aquié curto para escrever. Feliz ano novo Gloria, sucesso para esta novel que tenho certeza nos ensinará muitas coisas desta cultura tão diferente.

Anônimo disse...

Muito legal conhecer esta cultura e fazer um link com a nossa. A forma de pensar dos indianos sobre o casamento dos latinos é bem interessante e de uma certa forma faz sentido.De um modo geral, principalmente nos dias de hoje,no inicio os sentimentos são avassaladores e depois vai esfriando e muitos acabam mal, sem mesmo ficar uma amizade,viram inimigos. Nestes termos não dá para julgar o que é melhor ou pior.Na balança tá tudo igual. Há indianos muito felizes com seus casamentos arranjados e latinos tb felizes com seus parceiros. E aqui no Brasil, os que se apaixonam virtualmente,e só se conhecem no da do casamento? Tb não é uma nova modalidade?

Gorete disse...

Muito bacana o Acre no cenário Nacional mais uma vez com as celebrites Glória Perez e Brenda Haddad.
Como boa acreana to na torcida para que a nossa eterna Ritinha venha com muita garra,sedução,graça e que seu talento seja coroado com muitas outras personagens Ritinha... Rani... Rosinha...Ruth... e muitos "R" ainda...risos.
E que a chaleira entre Komal e Rani esquente como um vulcão em erupção, pois os atores formaram um casal muito gostoso de se ver.
Sucesso Glória.

Eliane Naziazeno disse...

PASSEI PARA DEIXAR UM BEIJO NO SEU CORAÇÃO.
10000 bjs

carine disse...

Olá Glória,a expectativa por mais uma novela sua é sempre muito grande.Porque nas suas novelas, além do traço do entretenimento , das tramas muito bem elaboradas que nos envolvem e prendem a nossa atenção,tem o seu compromisso com o social; a consciência de cidadania, que você nunca deixa passar batido.E é por isso que estou aqui deixando este comentário...A Índia de tantas cores e riqueza cultural e fascínio tem problemas sociais gravíssimos,assim como o Brasil tem,mas gostaria muito que com a sua humanidade, você fosse porta vós das crianças do sul da Ásiaes da Ásia:"O sul da Ásia compartilha com o resto do mundo a desordem estrutural que joga crianças na indústria do sexo, como: pobreza, má distribuição de renda e oportunidades, caos urbano, êxodo rural, violência doméstica, drogas e álcool e desintegração da família, problemas que atingem inclusive o Brasil. Entretanto, este continente tem algumas disparidades e estigmas que são únicos e que agravam o problema do comércio sexual de crianças: uma declarada preferência por filhos ao contrário de filhas, devido a questões culturais como o dote, pública agressão contra mulheres, o poder do “izzat”, a honra do homem. Ainda contribui terrivelmente para agravar este quadro, o problema das castas baixas nas comunidades, onde os filhos herdam a falta de esperança dos pais de uma vida melhor e são lançadas pelo próprio nascimento à opressão. Tudo isto faz com que a prostituição na venha a ser uma ocupação “voluntária” no sul da Ásia. “Escolha” no sul da Ásia não é um termo que possa ser usado; estas crianças lançadas na prostituição não podem ser comparadas a anjos caídos por livre vontade, mas sim, anjos arremessados a um inferno.
O tráfico de meninas do Nepal é intenso! Estatísticas falam de 7.000 por ano na média, algumas chegam a 12.000 crianças traficadas a cada ano, principalmente para a prostituição na vizinha Índia. Algumas meninas são vendidas com apenas 6 anos de idade e Ouvimos relatos desumanos de garotas que recebiam muitos clientes num mesmo dia, para assim receber um prato básico de comida. Temos uma menina com esse relato hoje conosco, que recebia no mínimo uns 9 clientes/dia no bordel.
Além do Nepal, todo o sul da Ásia sofre tremendamente com o problema do tráfico de crianças para o comércio sexual: Índia, Bangladesh, Sri Lanka, Paquistão, Tailândia e Camboja se destacam entre eles"(http://www.mcmpovos.com)Existe um movimento missionário que visa resgatar essas meninas e dar-lhes um lar-Meninas dos Olhos de Deus-meu intuíto náo é fazer apologia a religião nenhuma mas usar a televisão, a telenovelacomo um instrumento de conscientização para o povo, para o mundo;considerando a força que a telenovela brasileira tem.Penso que conhecendo as mazelas do mundo de verdade,possamos ser tocados e criar coragem de sair da nossa zona de conforto e fazer alguma coisa pelos outros.Perdoe o meu atrevimento,o seu sucesso é certo, mas ele poderia ter um gosto mais doce se ao menos uma menina fosse salva com a divulgação na sua novela...Um abraço.Carine Bernhard Nichele

Marcela disse...

Oi Glória,
eu conheço vários engenheiros indianos que trabalham nos EUA. Antes de receberem o green card, eles se casam, para que a mulher indiana também tenha direito ao green card. Eles pedem aos pais para selecionarem umas 5. Como eles são indianos com uma boa posição, a família arruma moças que também sejam formadas em universidades americanas e que também têm um bom nível. Aí estes meus amigos vão se encontrando com as selecionadas e vão vendo qual se encaixa melhor. Enfim, eles escolhem, mas dentro das que já foram pré-selecionadas pelos pais. E logo depois do casamento já começam a ter bebês, um atrás do outro. Aqui em Redmond, a gente sempre vê famílias com a roupa tradicional indiana. As mulheres de sari, com um casaco de ski por cima de tudo, e chinelos ou sandálias, andando na neve.
Sucesso na sua novela!
beijos!

Profª Sandra Bose disse...

Ja vi isso antes rsssss :)

Janaina disse...

Olá, assisto a novela de vez enquando, pois trabalho no horaria que ela passa.
Tenho um amigos indianos que conheci pela internet mesmo antes de começar a novela.E e um dele mandou eu fiar longe da tv rsrsrs pois pergunto muitas coisas que fico com dúvidas. Assim ele diz que deixo ele doido. Mais a novela me ensina muito sobre este país com uma cultura tão diferente da nossa. E ainda não sei como alguns desses meus amigo queren fazer MBA aqui no Brasil. E que a novela seja só sucesso. bjs

Janaina disse...

Olá, assisto a novela de vez enquando, pois trabalho no horaria que ela passa.
Tenho um amigos indianos que conheci pela internet mesmo antes de começar a novela.E e um dele mandou eu fiar longe da tv rsrsrs pois pergunto muitas coisas que fico com dúvidas. Assim ele diz que deixo ele doido. Mais a novela me ensina muito sobre este país com uma cultura tão diferente da nossa. E ainda não sei como alguns desses meus amigo queren fazer MBA aqui no Brasil. E que a novela seja só sucesso. bjs

Anônimo disse...

Olá Glória!
Estou gostando muito da novela...sou psicóloga, e as vezes parece que me vejo na pele de Aída...só acho, que ela tambem merece ser chamada de "doutora"...
Ah... as cenas de Duda e Raj (todas), são DEMAIS, deveriam ser mais longas e frequentes...(ai,ai...)
Por hoje, vou parar de dar os meus palpites, senão...vou longe...
BEIJOS.

Mynka disse...

Ola Gloria!So passei por aqui,pra te dizer que,te admiro muito;e te desejar,sucesso nesta novela,maravilhosa!Parabens!!bjos em seu coraçao!

MARLONS disse...

oi Gloria. Caminho das indias é contagiante, porém tudo esta indicando que terá o mesmo fim do clone. Seria interessante manter o casamento da Maya, assim prevalecerá o que eles sempre falam "o amor é construido aos poucos"... Se o AMOR construido pelo Raj e Maya é tão forte como ele disse hoje na cena que acabou de ir ao ar(17/08/2009) valerá a pena ver que o PERDÃO é sempre o melhor caminho.Espero que entenda meu ponto de vista. Bjos.