quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Thiago Soares: o Royal Ballet na gafieira

Vejam que luxo: Thiago Soares, o brasileiro que é hoje o primeiro bailarino do Royal Ballet de Londres, dançou um tango na gafieira Estudantina para Caminho das Índias. A partner é a Renata Beciani, da companhia da Deborah Colker!

9 comentários:

Ulisses Adirt disse...

Q inveja... e eu aqui em Sampa.

Profª Sandra Bose disse...

Namaskar Gloria!

Gafieira, ja nem me lembrava mais disso. Esta saiu do fundo do bau :)
Muito bom vc ter tido esta reminescencia!!!

Vou entrar em ferias e aproveito para deixar aqui um FELIZ E ILUMINADO NATAL para voce e todos seus familiares.
2009 sera um ano muito rico para todos nos com a estreia de sua nova novela. MUITO SUCESSO SEMPRE!!!

Paz e Luz no seu caminho...

Om Shanti

Max Alberto Gonzales disse...

Gloria, bom dia!
Aqui é o Max Alberto Gonzales, editor da seção Inovação da revista INFO da Editora Abril (max.gonzales@abril.com.br). Estamos concluindo a edição de janeiro e sugeri darmos uma nota sobre a Glória Perez blogueira, aproveitando o gancho da Caminho das Índias. Posso fazer uma entrevista por email ou telefone? Nosso fechamento de texto é segunda-feira, e preciso apenas de uma resposta positiva para encaminhar as perguntas. Muito obrigado pela atenção, Abraços, Max Alberto Gonzales

Odele Souza disse...

O tango é uma dança bonita demais. Quase mágica. Acho lindo.

mac disse...

por falar em gafieira, você podia convidar o ator Eduardo Martini que fazia um dono de gafieira em o Clone, Aqui em São Paulo ele é sucesso no teatro e todos consideram ele um excelente ator.

Cássia disse...

Nossa, amei isso! Vou adorar ver o Thiago Soares dançando gafieira!

http://www.orkut.com.br/Main#Album.aspx?uid=6916981449438259077&aid=1206006288 disse...

Gafieira, Nosaaaaaaaaaaaaa!

Perefeitooooooooo...

Lindinhadamamis disse...

Oi Gloria!!! Mais uma vez vc nos alegrando com uma de suas novelas!!!

Aproveitando que voce, toca em assuntos que muitos nao gostam, o que sinto falta é que sempre existe a "discriminacao" nas danças de pessoas mais cheinhas, como se elas nao dancassem bem. Eu mesmo danco ha 11 anos danca de salao, sou gordinha e muitas vezes danco melhor que outras pessos, demonstrando que o peso nao significa muito nestas horas, e o charme é nos aceitarmos do jeito que somos. Fica a dica, por que nao aproveita o nucleo de danca de salao pra colocar um personagem gordinho, demonstrando que é um "esporte" para todos?

Beijos e sucesso pra ti!!
Melissa

Borges disse...

O salão está dourado, iluminado e o tango se espalha em cada gesto acrobático. Eles esquecem que seus passos não arranham o chão, mas levantam voo na magia da dança.