segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Operadores de Call Center homenageiam Caminho das Índias


Vejam a mensagem que eu recebi da assessoria de comunicação da Vega Net:

Caminho das Indias inspira mais de mil operadores de call center da Vega Net

Olá Glória,

temos a honra de te informar que a novela Caminho das Índias serviu como inspiração para os operadores de telemarketing da Vega Net, que promovem no próximo dia 30 a sexta-feira temática, quando todos os funcionários irão trabalhar caracterizados como os personagens da novela.

A equipe está muito entusiasmada com o reconhecimento e visibilidade extra que a profissão adquiriu com a estréia da novela. Na Vega Net, Maya e Deva (Cacau Melo) já foram aprovadas como colegas de trabalho.


Fundada em 1999, a Vega Net oferece toda a estrutura necessária para a terceirização de serviços estratégicos para o negócio de seus clientes, tais como telemarketing ativo e receptivo, incluindo CRM, SAC, marketing direto, help desk e televendas, entre outros. A companhia tem como objetivo oferecer aos clientes eficácia e qualidade, primando sempre pela melhor relação custo-benefício. Entre os clientes da Vega Net estão Itaú, Citibank, Submarino, Idealinvest, HSBC, HDI Seguros, Aon, Metlife, Cetelem, Itapemirim, Mondo, Mondial e Playcenter.

30 comentários:

SUGESTÃO disse...

Então a novela está linda....
Tenho lido e ouvido a grita geral dos pais e alunos com a forma que a novela está mostrando os alunos
A forma equivocada
Mostrando o discurso surrado das professoras, o discurso que não cola mais, vem a Gloria Perez e recussita.
Mas, tudo bem
Eu modestamente tenho um conselho a dar para esses pais e alunos
Usem o botão do controle remoto quando aparecer os quadros com essa Bere.
Eu vou fazer isso, dai a uns minutos eu volto e continuo curtindo a novela sem crises.

Débora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

olá glorinha tdb. sou um grande fã seu e de seu trabalho. como já pude te diser varias vezes, mas vc nunca pode me responder no orkut, nem me aceitar acho super bacana mostrar histórias de amor com outros olhos sem ser o classico de sempre. sim o amoe é classico porém não estamos acustumados avermos um amor tão bunito como o de Maya e Bahuan. Espero que vc um dia Eu Possa Far contigo, Auguns Dizen que vc não me Aceita por eu Ser Rom. mas eu não acredito é bobagem vc é uma pessoa maravilhosa, e mesmo se fosse não acredito q por uma pessoa devemos condenar todas um grande ou melhor um enor beijo de seu grande fã eduardo filho me Adiciona.
Eduardolho@Hotmail.com.

jackson alves disse...

oi Glorinha vima aki parabenizar os excelentes figurinistas da sua novela.As roupas da presonagem MELISSA esta tão elegantes assim como a propria Cristiane Torlonne, E a YVONNE k maginifica um visual e um modelito espetacular, já a pesronagem SILVIA está maravilhosa uma roupa bonita, leve e descotraida assim como a propria atriz com um tom de humildade e verdade
parabens

Priscila Abram disse...

Olá Gloria,primeiramente parabéns por abordar a Índia,moro em Vitoria,adoro a cultura indiana,roupas,deuses,dança,estou maravilhada com tudo na sua novela,o respeito aos mais velhos é uma coisa que todas culturas deveriam seguir.
Também estou a favor dos blogueiros que você vai abordar e solidária a todos que querem ver o ator que fez o estagiário no capitulo de sábado! Temos obrigação de apoiar pessoas assim,com determinação,garra e boas,que correm atrás de seus ideais,tenho certeza que você pensa assim. Minha querida parabéns mais uma vez.

Namaska Priscila Abram

Lucas Nogueira disse...

Glória, vc é uma mulher muito inteligente, e com total condição de elaborar uma novela tão maravilhosa como Caminho Das Indias, Parabéns pelo seu trabalho maravilhosoo !

Alan disse...

Olá Gloria;
Não tenho custume de ver novela, mas a historia do garoto que arruma confusão de tudo que é forma me chamou atenção.
A 4 anos atrás fui espancado por um grupo de 6 pessoas que possuem o exato pensamento do seu personagem, o resultado da minha história foi ematomas internos uma marca de tenis na testa e a mandibula partida em 2 pontos, oque me custou 3 meses de isolamento e comer apenas sopa devido a contenção do maxilar, hoje ainda estou na justiça para tentar receber idenização do principal agressor que na epoca estava estudando para ser advogado (por irônia do destino) e para dificultar mais ainda, é filho de delegado, estou acompanhando sua história pois espero que pelo menos na ficção eu veja um pouco de justiça coisa que talvez nunca veja na vida real;
Esse comentário não é para ser postado, é apenas um singelo parabens pelo roteiro que me fez lembrar de tudo que aconteceu, da dor e sofrimento que passei que acabaram me fazendo crescer e brigar comigo mesmo para desculpar mesmo oque não tem direito de ser desculpado.

Mari Antunes disse...

Puxa que bacana Gloria!
Imagino a satisfação que eles realmente sentem...a novela que é mundial tem mostrado como é a rotina de um call center.
Bom eu conclui o curso mas não consegui trabalhar na área porque na minha Cidade não tem esse tipo de serviço,eu teria que procurar em São Paulo.
Bom enquanto não aparece por aqui fico como operadora de caixa mesmo.
E quem sabe qualquer dia desses vc podia relatar como é a vida de um operador de caixa.
Um beijo.

Mari Antunes - Praia grande SP

Kayan Henrique disse...

Glória, escritora queridíssima, que acompanho desde "Carmen" (viu como sou velho???), gostaria que vc explicasse aqui no blog ou na novela, tanto faz, sobre a homossexualidade na Índia (como é vista, encarada, enfim...), já pesquisei na Internet, porém as informações são mto vagas... um abraço no seu coração!

Filipe Formaggi disse...

Bom pra começar estou adorando essa novela,apesar que quase todas as novelas da Gloria são magnificas,gosto muito do jeito que trabalha,sempre bem elaboradas,um elenco muito bem escolhido,e também gosto que ela da muita oportunidade para muitos,vejo pelo ator Daniel Marques,todos começam de algum lugar não é? Então já temos um ator conhecido aqui de minha cidade (Itapetininga-Sp),agora temos o Daniel,isso é muito bom pra eles e tambem pra nos que sempre ficamos torcendo,bom a novela esta otima e continuarei aconmpanhando atéo fim vem esse elenco maravilhoso que a Gloria reuniu!!!

Abraço

Filipe Formaggi (Itapetininga-Sp)

o brasil pedófobo disse...

Alan
Quando o aluno sofre agressão dentro da escola e não é socorrido
a escola e responsável sim
Um professor que sofre um revide de aluno, nunca soubemos de fato de um professor agredido por aluno
Em escola pública é humanamente impossivel....Tem sempre policia por perto para proteger o professor.
Em segundos...
No caso a Benê é uma NAJA
Ela chamou a classe de vandalos e foi dizer na diretoria que agora ela vai ser alvo .Ela sabe que é mentira, os alunos na classe que ela não dominava estavam jogando objetos e bolinhas de papel uns nos outros.Ocorreu o acidente, o estojo podia pegar em qualquer aluno inclusive.Não foi atirado nela de propósito.Os alunos olharam todos para ela ao mesmo tempo
A Naja, ou melhor a Berê colocou o aluno pobre bolsista e bonzinho como sua testemunha.
Ela sabia que ele ia correr risco,não sabia?
Como pode uma coisa dessas ?
Os alunos agressores com certeza deveriam ser punidos, junto com a professora.
Essa prof. também prometeu uma bolsa de estudo para um personagem negro e pobre.Como é que funciona esse sistema de bolsa ?
Qual o critério ?
A mãe do aluno agredido, diz com horror que é inconcebível aluno levantar a mão para bater numa professora.Claro que é e nunca acontece isso.
É que até acidente e incidente ou quando a professora agride aluno e ele reage, vira um crime hediondo
O criminoso em geral pega 3 anos de regime fechado se for menor de idade.
Francamente, esse modo de mostrar uma escola não está ajudando em nada.
A confusão é geral...
Chamam os pais insistentemente
O aluno já está pedido pela justiça
A justiça não sabe a escola onde ele estuda ?
Isso me parece campanha da Rádio Bandeirantes de São Paulo que odeia aluno e quer transformar todos alunos e adolescentes em criminosos.
ISSO É PEDOFOBIA.

elizabeth disse...

Ola, Gloria, sinto nao estar podendo acompanhar a novela, pois adoro a India e tenho muito intesse pelo que ocorre por la. Eu sou professora de Criminologia da Puc-Rio, consultora sobre seguranca publica, e estou como pesquisadora visitante na Universidade de Minnesota desde agosto de 2008. Um dos meus temas de trabalho e o comercio de orgaos, estou escrevendo um artigo sobre isso para o O Globo e outro para uma revista cientifica. O comercio e trafico de orgaos na India sao serissimos, prevalentemente com as mulheres como doadoras,e penso que seria bom se pudessemos conversar sobre isso. Abraco, Elizabeth (susse002@umn.edu).

jackson alves disse...

uma coisa k odeio é corvadia até em novela é ruim de se ver akela cena dos garotos espancando o outro é triste e o mais ridiculo é k isso acontece por motivo de falta de respeito pela opinião diferente do outro, pelo outro agir e viver diferente, isso é uma falta de respeito a dignidade humana, faz nos relembrar de tantas violencia acontecidas k pessoas proximas a nós e até pessoas k entram na nossa vida atraves d um noticiario de uma brutalidade k sofreu por monstros á solta nesta sociedade primitiva

Grazielle, onde está você? disse...

Lembrei como lá no outro site.
Também tive uma professora de portugues na escola José Lins do Rego em Pinheiros SP.
Isso há muitos anos atras.
Eu sempre fui bom em matematica, muito ruim em portugues,mas aquela professora povoava os meus sonhos mais atrevidos.Era só no sonho.Ela era delicada e mantinha uma distância prudente.Era amada e respeitada na mesma medida que nos respeitava.
Era uma graça, tipo mignon, se chamava Grazielle.Linda !!!!Usava óculos leves.Um corpo escultural...
O que aprendi foi com ela.Era a doçura em forma de mulher.
Sempre disposta a explicar de novo o ponto não entendido.
Eu perguntava sempre só para ela olhar para mim.Ela me olhava de lado, meio desconfiada mas nunca recusava uma explicação.
Era rigorosa nas notas mas muito gentil.Não dava mole, entrava, e já enchia a lousa e quem não copiasse se lascava nas notas.
Hoje professora vive reclamando e nunca escreve nada na lousa,morrem de preguiça...
Não dava nem para imaginar aquela figura encantadora gritando na sala de aula....
Não me lembro de professora faltar.
Isso quando escola ensinava
Isso quando o curso médio se chamava clássico ou cientifico.
Tive esta crise de nostalgia com essa professora Berê.Tão diferente da minha inesquecível professora
A Berê não segura a classe, tipico de professora que não sabe ensinar.
Mente, vai para a diretoria caguetar o aluno e choramingar que os alunos querem que ela vire alvo
Muito sacana...o estojo bateu nela acidentalmente, era só ver a cara de susto dos alunos.
Pior ainda a Berê chama os alunos de vândalos.
Pior o aluno bonzinho, o babaca na classe é espancado na escola e não tinha ninguém para socorre-lo, só apareceram depois eu ele tinha levado todas as pancadas possiveis.
Porque ninguem o defendeu, ninguem o protegeu?
Parece até escola pública onde aluno é linchado e não é socorrido.
A Bere ainda promete coisa que não pode cumprir, promete uma bolsa de estudo para o coitado do aluno negro que vai pedir ao Murilo.
Francamente....
O aluno vilão, está pedido pela justiça.
Essa Bere ia se sair bem se fosse em escola pública, mas em escola particular ela não ficaria nem para receber o salário do primeiro mes.
Imagina se uma escola particular ia ficar com essa figura patética e ridicula.....

Zué Saldanha disse...

mas Jackson, isso é obrigação da escola.Ensinar a conviver com os pensamentos diferentes.
Se a tal Berê não consegue nem dar aula, se não é capaz de dar uma aula minimamente interessante, se não mantem o respeito da classe, vai querer o que ?
depois tem outra, o pessoal deixou o aluno apanhar até dizer chega e depois aparecem ?
isso acontece muito em escola pública
o professor incita os alunos uns contra os outros e depois saem de bonzinhos.
veja bem que foi a Berê quem começou com a graça.
e chamou todo mundo de vândalos
tá, mas como respeitar uma professora que quer segurar a classe no grito?
depois vai na diretoria caquetar o aluno e se fazer de vitima apontando que querem que ela seja alvo deles, coisa que nem acontecia
eles estava zuando entre eles e o estojo voou e bateu na cara dela...ruim mesmo
pior é uma professora assim
pior uma escola asssim

Andrea disse...

Glória,o ator Daniel Marques é realmento lindo! estou acompanhando a novela e seu blog diariamente,venho lembrar a todos que o Daniel é muito mais bonito que o Fábio Assunção haHAhaHAH! ele lembra ele mais novinho,ahhh e pra quem não se lembra o Fábio foi par romantico da nossa Amada Daniela Perez! foi em Corpo e Alma de 1992 escrita pela nossa querida Gloria! a Dani interpretava a personagem Yasmin Bianchi e o Fábio Caio Pastore, é.... viver é recordar.. bons tempos aqueles.
Glória aumente o papel do Daniel,ele concerteza já é um caso de sucesso e todos nos sabemos que ele veio ao publico pelas suas mãos,Obrigada Glória.
beijos querida.

Erika Della Betta disse...

Bom dia,muito legal a novela destacar esta profissão tão discriminada no Brasil, os operadores de telematketing merecem nossso respeito,pois graças a eles conseguimos resolver coisas cotidianas, de banco cartão de credito, sem se locomover,acredito que deveria ser uma profissão melhor remunerada,eles merecem não é nada facil escutar cliente chato e ouvir desaforo o dia todo.E a novela mostra este respeito.Lindo!!

Roberto disse...

A atriz indiana é bela e dança com perfeição.
Gloria, me tire uma duvida, a atriz Brenda Haddad canta no folhetin,ela vai dançar tb? ? ? vi numa entrevista que ela dança muito bem e fala sério a garota é de encher os olhos.
Magnifica!
Sucesso e Manaster

Love me 2Times disse...

Oi Gloria


Que sari mais lindo esse da foto heim!!!

Realmente a Maya está ótima como operadora de telemarketing, um inglês ótimo.

Muito bonita a iniciativa da Vega Net, depois eles poderiam mostrar como foi o dia temático, para podermos conferir as caracterizações.

É uma pena que aquí em Joinville, existe uma empresa de Telemarketing que paga um salário tão miserável que nem vale a pena tentar. Um trabalho que os operadores devem ter muita paciência para ligar com os interlocutores que muitas vezes são grossos por não terem os problemas resolvidos... enfim, o Call Centar enfrente muitas reclamações e deveria ter um suporte melhor por parte dos supeiores que visam apenas o lucro e a rentabilidade das ligações. Muitos operadores trabalham quase de maneira escrava sem poder ir ao banheiro.

Vc bem que poderia focar isso que Call Center no Brasil ainda é muito complicado, não valoriza os operadores como seres humanos de potencial, apenas constatação de números. Pelo menos é o caso da empresa aquí de Joinville.

E mais um vez venho fazer parte da campanha "pró Daniel Marques" estagiário da clínica do Dr. Castanho... pra ele continuar na novela.


Um grande abraço e NAMASTÊ

Edna

LiLi_toyama disse...

Bom dia minha querida Glória,ontem eu assisti a novela e AMEI.Muito interessante o ritual do casamento.Lindo!
Parabéns!!!Um beijo enorme.

Maria da Glóra, cade você? disse...

Puxa!!!!
Deixa aí um email para a gente se comunicar.Eu sou muito conhecido,não gostaria de me identificar, mas gostaria de falar com alguem ex aluno da José Lins do Rego.
Eu também fui aluno da Grazielle, no José Lins do Rego, mas a minha paixão era a prof.Maria da Glória.
Professora de Filosofia e História.
Um mulherão.Viuva com duas filhas e morava na rua Butantã.Nossa ! Quantas vezes eu segui essa professora depois da aula.
Cadê coragem de chegar nela ? A minha coragem era menor que meu entusiasmo.
Ela era muito diferente da Grazielle.Uma beleza firme, olhos negros profundos que me enlouqueciam.Muitas vezes eu tinha a nítida impressão que rolava um clima e ela sustentava o meu olhar de modo convidativo.A qualquer movimento que eu fazia ela desviava o olhar com um sorriso maroto e que eu não conseguia decifrar e esfriava o meu entusiasmo.
Foi esse jogo que me deixava preso a ela.Eu com 20 anos, ela com 49.
Até hoje eu me lembro do seu olhar, do seu perfume e do seu andar sensual que eu acompanhava anestesiado.Os colegas tiravam o sarro, todo mundo sabia da minha paixão não correspondida.
Nem precisa falar que eu era o seu melhor aluno, bebia suas palavras.
Claro que com essa dedicação era impossivel ela não me ver.
Se ela as vezes parecia indiferente outras vezes parecia que ao entregar as provas ou passar por mim na carteira ela roçava a mão em mim de propósito de modo suave, mas era um toque que me embriagava.
Nossa que saudade eu tenho.
Depois arrumei uma namorada fora da escola e esse envolvimento real me fez esquecer a professor Maria da Glória que agora me volta na memória com as mesmas sensações e até o cheiro do seu perfume me parecem presentes como se fosse ontem.
Por onde andará aquela mulher espetacular e misteriosa ?
Nâo tenho nenhuma saudade da ditadura e nem da palmatória.
Mas a escola pública era melhor que a escola particular.
As professoras não faltavam, não enrolavam, não assinavam o ponto sem dar aula.
Tinham vergonha se os pais ameaçassem pagar aula particular.
Professora que não soubesse ensinar, era banida dos quadros da escola pelas proprias colegas, ela ficava sem ambiente e se ela não ensinasse a colega do ano seguinte iria trabalhar dobrado.
Tinha professora cruel e injusta, mas não que não trabalhasse.
A democracia propiciou tantas leis para favorecer professora e esqueceram os alunos.
São 365 motivos legais que possibilitam professora a receber sem trabalhar.
Dos 200 anos letivos elas não dão nem 20.
Tudo legal e IMORAL....
O professor era respeitável mas o aluno era respeitado, a aula era para o aluno aprender e não para o professor receber
O salário do professor era a consequencia do trabalho.
Agora a gente vê as professoras Beres serem endeusadas e até virar personagem de novela.
E olha que essa Bere ainda é o que tem de melhor
Se a Gloria Perez mostrasse a realidade da sala de aula, o que as professoras conversam na sala dos professores e o que falam para os alunos seria um Deus nos acuda, mas pode ser que mudasse o ruma da prosa da educação no Brasil
Tenho visitado os blogs de pessoas
que defendem a educação pelo viés dos pais e a coisa está mesmo preta...
Muito bom a Gloria Perez permitir que nós mostremos o outro lado da escola, mesmo que ela não mostre na novela, mas as pessoas estão lendo e comentando.
Valeu Glória Perez
Valeu mesmo...

Cristal Liz disse...

Olá estou adorando a novela, muito interessante os costumes da Índia!!!Parabéns!!! Adorei também o ator que fez o estágiário na clinica do Dr. Castanho, muito lindo. E como já citaram acima é a cara do Fábio Assunção. Queremos ver ele mais vezes....Por favooooooor!! um abraço

Patty Silveira Designs disse...

Estou amando a novela Gloria!!!
Assim como todos que jah fez!!!

Vc traz temas polemicos que ajudam as pessoas, e isso eh mais uma coisa que admiro em vc!!!!

E esse reconhecimento jah sao os frutos que comecaram a brotar do seu trabalho!!! PARABENS!!!!!



TE ADOOOOOOORO

Patty Silveira Designs disse...

Gloriaaaaaaa

Parabens pelo seu trabalho!!!!!

Isso eh somente os frutos que voce jah esta colhendo!!!!!


TE ADOOOOOOORO

Anônimo disse...

Olá Glória , que interessante a cultura indiana, a fé ,a tranquilidade, a alegria desse povo é muito legal de ver.Estou gostando muito de ver a realidade das salas de aulas no Brasil , é isso mesmo o que acontece sempre há um líder negativo que tenta manipular os outros e quando esss não o seguem ele acha que pode agredí-los.Tem sido muito difícil aprender porque os professores precisam parar a todo momento para pedir para que desliguem o celular, que parem de jogar bolinhas nos outros ,que parem de cantar enquanto ela está explicando.Não se deixe abalar por nada ,continue denunciando a realidade brasileira em suas novelas pois muitos estão com vc.
Um abraço no coração.
Fernanda

Anônimo disse...

Oi Glória , acho muito legal quando você mostra a realidade em suas novelas.Claro que dessa vez não foi possível agradar a todos mas espero que mesmo assim você não desista. As agressões nas escolas acontecem diariamente sim, e na grande maioria das vezes, partem de alunos problemáticos, mimados demais pelos pais que se acham "donos do mundo".E é daquela forma mesmo , suas famílias não querem assumir responsabilidade nenhuma.
Mudando de assunto,parece que nessa novela não haverá mudança de fase(passagem do tempo) como em O clone, não é ?Estou muito curiosa para saber o que acontecerá com os personagens principais.
Um bejo ,
Elaine

o Brasil é pedófobo, sim disse...

A vantagem da Glória nem é abordar temas polêmicos mas, deixar os dois lados se manifestarem
Atá agora, tirando os blogs que são específicos de grupos que defendem direito de aluno, ainda não se via ninguém defendendo o lado mais fraco, que é o lado do aluno.
Acho que essa mulher especial que é a Gloria Perez está colocando uma luz na escola.
Esperamos que ela mostre o lado dos alunos e mostre o lado negro da escola pública com a mesma coragem que aborda o tema.Não se limite a apenas divulgar os comentários aqui, mas que de fato dê espaço para comentários dos pais na novela.
Nada de fantasia, de estorinhas das coitadinhas das professorinhas vitimas.Estorinhas para que elas durmam no ouro fácil da corrupção.
Alguém em um comentário já disse que o Brasil é pedófobo, acho que em se tratando de aluno, é sim.
Parece que a imprensa entende que aluno, principalmente os da escola pública são os inimigos do Brasil e não o seu futuro.
Lí os comentários dos dois ex alunos, que nesta altura devem ser senhores de uma certa idade.Achei linda e romântica a descrição do amor platônico que eles sentiram pelas professoras.
Isso não acontece mais, impossível algum aluno se apaixonar pelas professoras de hoje.Tão cheias de rancor, tão arrogantes.Entram na sala de aula muito raramente,não sabem o nome dos alunos e suas aulas são uma verdadeira tortura...
Antigamente as escolas públicas davam de goleada nas escolas particulares, e ainda culpam também a democratização.
Que agora todo mundo está na escola.
Está sim, nem todo mundo, mas e daí?
Temos falta de vaga do mesmo jeito que antigamente.
Em São Paulo a precisamos de 350.000 vagas para creches.
90.000 para ensino médio e 300.000 para ensino fundamental.
Tivemos escolas de lata até o ano passado, e temos escolas fechando na base de uma por mes em SPaulo.
Aluno de antigamente era torturado, apanhava de palmatória, ficava de joelhos.
Era expulso.
Agora continua a mesma coisa, as torturas mudaram um pouco são mais técnicas mas estão aí nas escolas para quem quiser ver.
Alunos pequenos são espancados do mesmo jeito que os alunos de antigamente.
A lei de fora é uma, da porta da escola para dentro é a lei que a direção quiser, e elas sempre simpatizam com a violencia e a tortura contra aluno, mesmo que digam que a tortura é crime hediondo.
Os pais que postam aqui dão até email, nome da escola e estão prontos a testemunhar e denunciar em quaisquer instâncias.
Então vejo que a diferença entre a escola de antigamente são as professoras.Elas é que mudaram para pior.
Agora elas não se acham na obrigação de ensinar.
As leis que favorecem professoas são mais do que elas precisam.
OS PROFESSORES GANHARAM ESPAÇO, FORAM ELEVADAS Á CATEGORIA DE IMEXIVEIS, INIMPUTÁVEIS E SEM NENHUM COMPROMISSO COM O APRENDIZADO DO ALUNO.
Vem então o velho jargão que cabe aqui muito bem
PODER ABSOLUTO CORROMPE ABSOLUTAMENTE.
Quem perdeu não foram os alunos
Foi o Brasil...
Fomos todos nós.
Agora graças a essa mulher magnifica cheia de corage, os pais estão se manifestando e protestando aqui de modo democrático como nunca vi em lugar nenhum.
Beijos Glória, mil beijos, grande Glória que merece o nome que tem...

SONIA disse...

Gloria!!!!!
eu acho que vou casar com uma arvore também! do geito que os homens estão,não tem condição! só assistindo novela mesmo e sonhando com os homens da ficção que são lindos,cavalheiros,e querem casar,oooooo novela pra ter homem bonito essa sua hein Gloria!
Gloria,coloca mais vezes o Daniel! ele é lindo,meu sonho de consumo sempre foi o Fábio Assunpção,mais agora mudei de ideia! quero o Daniel,Gloria atenda os pedidos das pessoas aqui e coloca ele pra gente olhar para aquele rostinho e sonhar,sonhar....

Beijãooo
Sonia

PEDRO disse...

Prof Elaine
a senhora está enganada ou pensa que está enganando quem?
como assim os pais não assumem a responsabilidade?
acaso nossos filhos deixam de ser nossos filhos só porque estão em alguma escola?
não senhora !
a gente coloca na melhor escola que pode, e fica desesperado quando a escola não rende, comete injustiça e ainda por cima deseduca nossos filhos com os piores exemplos.
a gente sabe que não está sozinho nesta luta, sabe que tem educadores nas escolas mas ainda assim são poucos.
os educadores cobram sempre dos pais que se organizem, que cobrem pacificamente a mudança da escola
o mais dificil já está acontecendo
estamos tendo coragem de vir a público e protestar
o maravilhoso é encontrar um blog como este que dá espaço para todos.
pais, alunos e professores.
as professoras que não concordam com os abusos e a imundicie que se tornou a escola, também são massacradas se protestarem.
assim, fica todo mundo com medo do poder da maioria e nos calamos
mas se os pais se juntarem com os bons professores, aí nós seremos a maioria e teremos a força que precisamos para moralizar a escola pública que está arruinando também a escola particular.

Anônimo disse...

OLAGLORIA EM 1º LUGAR PARABENS PELA NOVELA ESTÁ MARAVILHOSA, OUTRA COISA POR FAVOR NÃO DEIXE ODANIEL MARQUES ABRIR A BOCA ..POIS DAÍ ESTRAGA SEU ROSTINHO BONITINHO....POIS NUNCA FEZ UM CURSOE TEM A CARA DE PAU DE POR NO SEU BLOG QUE É FORMADO AQUI PELA CELIA HELENA ..TOME CUIDADO HÁ MTAS PESSOAS QUE NÃO SÃO IDONEA..MANDA ELE VIM ESTUDAR AQUI 1º..ANTES DE FICAR USANDO O NOME DA ESCOLA E DA CAL TAMBEM ...GRATA PRISCILA