quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Até quando?

É terrível imaginar que enquanto estou diante do computador, passeando na internet, escrevendo um blog, ouvindo a buzina dos carros que passam lá fora, e as vozes das madrugadas de copacabana, que chegam até aqui, mais de 700 pessoas, reduzidas à condição de escravos, estão acorrentadas pelo pescoço, amarradas em árvores, sendo submetidas a toda a sorte de humilhações e torturas. 

Não tem como não voltar ao assunto A carta do coronel Mendieta, sequestrado há 9 anos, que acabei de ler num jornal da Colômbia, descrevendo as condições desumanas a que estão submetidos os prisioneiros, dói nos nervos da gente!

Impossível que diante dessas denúncias não se tome uma providência para liquidar de vez essa organização criminosa!
 Hoje o presidente Uribe fez uma conclamação a todos os países pedindo o isolamento das FARC. Considera que essa seja a única maneira de esvaziar e vencer a facção. 

A foto é do Jornal El Colombiano. Retrata o protesto que aconteceu em Bogotá, diante da embaixada da Venezuela.

Leia AQUI o texto integral da carta do coronel

11 comentários:

Ivonete Silveira disse...

Li certa vez, uma entrevista do comandante Raúl Reyes, das FARC, em que ele mencionava que lutavam contra um império que lhes têm dominado de forma brutal e violenta.Mas,e o que eles fazem?
Basta conhecer-mos e lembra-mos de tudo o que já foi publicado, para ver-mos as atrocidades cometidas em prol dessa tal "liberdade" que eles tanto pregam.
Nesta entevista, ele ainda diz que a mídia lança meias verdades, calúnias e mentiras sobre eles.
Mas seriam aquelas cartas, aquelas famílias sem seus membros,as lágrimas,as dores, tudo obra de uma mídia enganadora?
Mais difícil ainda, é "engolir" uma de suas frases tão batida:
"Não fazemos a guerra pela guerra, e sim porque as circunstâncias políticas nos têm levado a enfrentar armas com armas".
Triste tudo isso.Mais triste ainda é saber que as FARC-EP não é a única.

Gio disse...

é incrível que ainda se questione se as FARC são ou não um grupo terrorista. Como se chama isso? Militância política? Meu Deus! São criminosos que usam de todas as formas de violência, a física e a mental.

Kenia Mello disse...

Glória, você tem que voltar a falar sobre o tema, sim. A notícia não pode morrer porque duas reféns foram libertadas. E os demais?

Enquanto o foco do assunto é desviado e devidamente capitalizado pelo histriônico Hugo Chávez, a questão da sobrevivência desse grupo terrorista vai sendo negligenciada.

É um absurdo uma 'organização' como essa, que se beneficia do narcotráfio e confina seres humanos como se fossem animais, pretender legalidade política, adquirindo o mesmo status de um partido político.

Beijo.

Márcio Bezerra disse...

Impressionante tal situação, estamos nesse mundo todos os dias, mas anestesiados por alguns instrumentos de segregação dos discursos, somos levados a crer que está tudo na mais perfeita paz. Porém, creio que o limite é agora, devemos contribuir, tais condições devem ser criticadas, não podemos aceitar, passivos e espectadores como hoje; uma possição crítica é sempre bem vinda.
Foi assim pós 1970 nos seringais do Acre, discursos cortados, vidas ceifadas, mas chegou o fim, ou perto, já que ainda existem seringueiros em condições de vida desumana. Pórém corre o processo histórico, mas precisamos lembrar que mais que histórias para seremn lidas, existem vidas para serem preservadas. Abraços, resistamos!

well disse...

Há alguns anos, passando por uma invasão no interior do Ceará, escutei a conversa de um homem dizendo que parou de usar drogas ao assistir América, e de repente todos que estavam na roda comentavam sobre a novela e foi uma festa.
Eu saí dali me abrindo. Orgulhoso por você.
Como uma novela pode modificar a vida das pessoas naquele fim de mundo?
Se acontecesse como aquele filme – A felicidade não se compra, tenho certeza que saberia do que estou falando.
As pessoas sofrem. Não precisa ir a Colômbia para ver gente em condições desumanas. Basta abri a janela, ir a um hospital, ver crianças e idosos penando, vítimas da sêca, do descaso, da impunidade, da intolerância, da ignorância...
Mas não se consuma com isso, Glória!
Você faz a sua parte. Os OUTROS é que não.

elisabete do encanto disse...

Até quando teremos que conviver com barbaridades e achar que tudo está bem. NÃO ESTÁ NADA BEM.
Como podemos colocar a cabeça e dormir como se nada disso estivesse acontecendo?
Não é esse o mundo que quero para meu filho. Onde pessoas matam e torturam pessoas sem nenhuma dó.
Sinto muito!

Nessa disse...

sou socialista. mas isso não me faz cega ao tipo de atos desumans que eles cometem.

Humbalex disse...

Participei do Estatuto do deficiente na época que passava a novela. Sou um homem com deficiencia fisica, a frente de uma ONG voltada para pessoas com deficiencia e vi o resultado que deu todo aquele seu trabalho, por isso, a importância da continuação desse trabalho. Gostaria muito de trocar uma palavra contigo mostrar o trabalho que estamos realizando com crianças que ¨ganharam¨ uma deficiência por pura falta de informação, acredita nisso, em pleno século 21, tem pessoas que ainda sofrem por descuidos de profissionais e pior, coisas simples, exames simples e atitudes mais simples ainda, deixando pessoas sofrerem pelo resto de sua vida. Será que poderia explicar isso a você Gloria?
Segue meu tel e email para contato ok
humbalex@humbalex.com.br
(11)9666-7666
agradeço de todo coração
Humberto

Anônimo disse...

As FARCs são uma grande desculpa para um bando de bandidos, um exercito armado a serviço do narcotrafico internacional.
O que começou como um movimento guerrilheiro trnasformou-se numa organização criminosa comooutr amáfia qualquer do mundo.
Sequestro, extorsão, assaltos a bancos, proteção ao narcotrafico, são as suas fontes de renda.

O mesmo acontece com a FLN, outra grande oreganização criminosa NA Colombia.

Pedro

Eles tem aproxim. 700 pessoas sequestradas e mantidas em cativeiro em situações desumanas, pena que a sociedade só agora está abrindo os olhos para esta questão. Muitas pessoas se deixam enganar, acreditando que são um movimento politico, são bandidos mesmo, um exercito de marginais.

Putro dia lí que o Lula estava se oferecendo para manter-se como mediador desta questão na Colombia, por sorte e por ganancia do Chavez, ele ficou para trás...melhor agora iria ver a roubada ma qual se meteria.

Não devemos esquecer que quando o Palloci foi prefeito de Ribeirão Preto, havia um secretario abrindo uma representação das FARCS no Brasil, depois daquela confusão toda envolvendo corrupção a idéia foi esquecida.

Chavez hoje se auto nomeia porta voz das FARCs, e recentemente houve a denuncia de que as balas que ele fabrica na Venezuela de AK 47, são repassadas aos bandidos das FARCs.

Que loucura ! Ao mesmo tempo que dá uma de apaziaguador,e facilitador de soltura de reféns, ajuda o exército que os sequestra.

Isto são as FARcs, e FLN.

Paulo Vilmar disse...

Glória!
Creio que todos tentamos lutar por um mundo melhor. Não vou defender o fato da Guerrilha estar com 700 pessoas, hoje, seqüestradas, mas, o que devemos entender, é que na Colômbia está acontecendo uma guerra!
O Presidente Uribe acaba de condecorar 23 paramilitares estrangeiros que atuam contra a guerrilha! São mercenários que já estiveram na Africa e hoje recebem melhor para assassinar e torturar na Colômbia!
Somente no dia 31 de dezembro de 2007, o Destacamento de El Palmar, assassinou 12 pessoas, e sequestrou outras 120. Assassinaram a quatro adultos e uma criança de colo. O próprio governador daquel estado, Eduardo Zúñiga, atribuiu o massacre aos paramilitares. Neste mesmo día em Medellín, desapareceuo o advogado Víctor Hugo Gallego, da Corporación para la Paz y el Desarrollo Social, Corpades. Ele vinha elaborando graves denúncias e provas sobre a atuação doas paramilitares em Medellín.
Um estudo realizado pelo advogado Ivan Cepeda, que não é membro das Farc, demontra que houve 40 mil casos de desaparecidos, mortos, torturados ou, afinal, que tiveram direitos humanos desrespeitados pelo governo, desde o ano de 1998.
Termino, com suas próprias palavras:
"Es cierto que el secuestro es una práctica criminal que la sociedad colombiana no debe tolerar bajo ningún concepto. Pero en Colombia no sólo existen cientos de secuestrados por las guerrillas. Hay miles de desaparecidos, asesinados y desplazados por agentes estatales y por los grupos paramilitares que, como Usted recordará, fueron auspiciados hace más de una década a través de las empresas de seguridad Convivir. Esa realidad no se desvanecerá con la tozuda insistencia del Gobierno en una concepción unidimensional del terrorismo."
Triste mundo este nosso, de tantos desentendimentos...
Beijos.

Mariléia Palhares disse...

Através do programa do Fausto assiste a Cristiane Torloni dando o site pra votar no amazônia para sempre, não consigui entrar com facilidade,mas ao deparar com o site da Glória Peres, me perdoem, entrei e vou abordar um tema que a muito gostaria e que foge ao assunto proposto.
Gostaria muito de fazer uma solicitação e que esta pudesse chegar até essa conceituada autora.
Tal como todos os temas por ela abordado têm repercusão nacional, e como já foi mencionado em outras novelas o tratamento de cães, sobre pet shop, gostaris de pedir que esse tema fosse abordado novamente, para que aas pessoas se conscientizassem que tal como nós os cães passam a fasr infantil, vem a maturidade e velhice, que precissam de tratamentos, ficam carentes e que antes de tudo eles amam e confiam fielmente em seus donos, e que muitas pessoaas por evitarem ter esse trabalho, soltam muitos deles nas ruas. Só assim muitas pessaos poderão se conscientizar e evitar fazer tamanha atrocidade.
Pelo amor de Deus, estams vendo muita maldade com esses animais, se aas pessoas tem dúvidas de tê-los é melhor nunca adquirí-los, pois necessitam de atenção eternamente. Hoje necessitando-se cadastrar que tem cachorro de porte maior, estamos vendo inúmeros deles soltos nas ruas e pessoas chamando corpo de bombeiro para pegá-los pois eles assustam soltos na rua, e só Deus sabe o futuro deles.
Fica minha eterna gratidão e pode contar conosco em tudo que pudermos fazer pra o bem da humanidade, do país e pra todos os seres vivos de modo geral.
Sinceramente.
Mariléia Palhares