quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Enfim, livres!



entrevista com Clara Rojas

mãe de Clara Rojas fala sobre a expectativa de rever a filha

COMPLEMENTO

Só faltava essa: Hugo Chavez pede que as FARC sejam retiradas da lista de terroristas! Como assim????

Não há situação mais cruel e humilhante para um ser humano do que o sequestro! centenas de pessoas apartadas de suas famílias, de suas vidas, muitas delas, como denuncia hoje uma das libertadas, a deputada Consuelo, mantidas acorrentadas e dormindo amarradas à árvores.
Se isso não é terrorismo, terrorismo mudou de nome!

emocionante o reencontro das reféns com suas vidas. Emocionante e doloroso. Toda a violência cometida contra elas está aí, bem à mostra, nos sorrisos e nas lágrimas de reencontro!


7 comentários:

edson disse...

Graças ao nosso DEUS PAI TODO PODEROSO essas pessoas conseguiram voltar pra casa,fico imaginando a dor das familias e o drama dos sequestrados viver com a angustia e o medo de nunca voltarem pra casa, o medo de nao ver os filhos crescerem,de nao conseguir mais ver pai e mae vivos ,enfim ficar isolado do mundo nao maos de psicopatas,diante de tantas noticias desagradaveis, recebemos essa noticia com muita alegria...viva a paz....viva a felicidade...

Anônimo disse...

É, Glória.
Mas vamos tentar entender a história por trás da história?
Um presidente ditador, negocia com narcoguerrilheiros, num circo envolvendo o governo de vários países...
Como diria o bom Shakspeare:
Tem alguma coisa podre nessa Dinamarca!

GLORIA PEREZ disse...

se tem!!!!!

Kenia Mello disse...

E o que me deixa ainda mais perplexa é esse fanfarrão ser glorificado pela "esquerda pensante" como a quintessência da raça humana.
Ah, uma jaula!

Beijo.

luizabergamaschi disse...

Eu achava que este dia nunca chegaria.

well disse...

Valeu pelo complemento, Glória. Nem quis me identificar pois as coisas ainda estavam nebulosas. E o meu comentário, depois da palavra Dinamarca, terminava com: Quem deve fazer ficção é você.

Sra Ivana disse...

Não estava ainda bem informada sobre os fatos.
Li também a reportagem que saiu na revista Época.
É de nos fazer ficar pasmos mesmo.
O vídeo do reencontro é comovente, ainda mais quando se entende o sofrimento por trás de toda a situação.
Vamos ver como ficam as outras pessoas.
É incrível como o ser humano, em prol de motivos malucos, atenta contra a própria espécie de todas as formas...só de pensar em como vivem os que ainda estão em cativeiro...