segunda-feira, 21 de abril de 2008

Isabella



Nesse momento, em que o indiciamento do pai e da madrasta da pequena Isabela, por "homicídio triplamente qualificado", causa nas pessoas a impressão de que a brutalidade cometida contra essa criança não ficará impune, seria bom que a mídia esclarecesse o que isso significa, na prática:

1-mesmo pronunciados, os dois podem reinvindicar o direito de responder ao processo em liberdade. O que significa que só daqui a 4, 5 anos, vão sentar no banco dos reus!

2-Se julgados e condenados por homicídio triplamente qualificado -o que mereceria a pena máxima de 30 anos- o juiz que presidir o Tribunal do Júri terá uma escolha a fazer:

-estipular a pena em 30 anos, o que dá aos réus direito a novo julgamento -serão mais 3, 4 anos em liberdade, até que isso aconteça.

- estipular a pena em 19 anos e alguns meses, como a maioria dos juízes costuma fazer, para evitar o segundo julgamento.

3- ainda que, depois de dois julgamentos, os réus venham ser condenados a 60, 70 anos de cadeia, pela crueldade de ter espancado, esganado e atirado a criança de 5 anos, ainda viva, da janela de um sexto andar, só podem cumprir 30, porque a pena máxima no país é de 30 anos.

4- e mais: vão ter direito a esperar em liberdade até que o caso transite em julgado. O que pode demorar ainda alguns anos. (Pimenta das Neves, que matou covardemente a jornalista Sandra Gomide e Jorge Farah, o médico esquartejador, estão se beneficiando dessa regalia)

5- Uma vez presos, as contas para a concessão dos benefícios não serão feitas em cima dos 60, 70 anos a que foram condenados, mas em cima dos 30, máximo considerado pela lei.

6- de modo que, em 5 anos, tendo cumprido 1/6 da pena, seja, 1/6 de 30 anos, os assassinos estarão na rua, livres, leves e loiros!

Mais barato impossível. As leis penais brasileiras são mesmo uma verdadeira mãe para o crime!

Seria muito bom que a população, ao invés dessas tentativas de depredar a casa dos indiciados, canalizasse sua revolta e se manifestasse para exigir a urgente reforma de um código de processo penal que vem garantido a impunidade de toda a sorte de criminosos!

Essa sim, seria uma bela e justa homenagem à menina Isabella!

40 comentários:

Andreza Alcantara disse...

Muito fácil se chocar, dificil é fazer alguma coisa... Realmente!

Cristina disse...

É por causa dessa "IMPUNIDADE" que se mata tanto aqui no Brasil. A vida já não vale nem 5,00 reais.
Qualquer raiva, qualquer motivo serve de desculpa para tirar a vida de outro ser humano!!!! E depois, caso haja prisão, ela não funciona como punição, mas sim como premiação!!!!
Dá nojo!!!!

catia almeida disse...

Concordo com vc Gloria, canalizar a revolta para mudar essas leis "jurássicas" do Brasil.
Eu lembro que vc colheu 1 milhão de assinaturas para levar ao Congresso(?)...como ficou?
Não podemos cruzar os braços e assistir esses assassinos perambularem por aí como se nada tivesse acontecido.
Bjs, Catia Almeida.

Espelho Mágico disse...

Li recentemente o livro-reportagem BAR BODEGA – Um Crime de Imprensa, de Carlos Dorneles, que conta o circo que se armou em torno do clamor da sociedade para encontrar os culpados da morte de uma adolescente de classe média, que culminou com a polícia torturando jovens indefesos, pobres e pretos, da periferia de São Paulo, inocentes, mesmo que nada pudesse levar a supor que fossem eles os autores desse crime, como de fato não eram, e pouco tempo depois os verdadeiros assassinos foram encontrados, mas o estrago na vida desses meninos já estava feito, e nunca mais seria reparado. Outro exemplo foi o caso da Escola Base.
Se por um lado temos que ter cuidado em não condenar previamente os suspeitos, por outro lado sinto que estamos numa época em que sob a alegação da imparcialidade que devem ter as pessoas que lidam com a notícia tudo mais é tratado sem opinião própria. Assim acontece nos programas de quinta categoria que para ganharem audiência apresentam “os dois lados da questão”, deixando que quem quer que seja fale o absurdo que quiser, sem que tenha alguém ali que aponte uma possível contradição. Por enquanto os jornais lidam com o assunto contestando com as provas periciais qualquer afirmação dos envolvidos no caso, mas esse caso já começa a cansar, as pessoas estão ficando incomodadas com isso, e não me espantaria nadinha que daqui algum tempo uma Luciana Jimenez da vida leve o pai e madrasta da pequena Isabella, deixando-os sentados por mais de uma hora falando o que quiserem, chorando, comovendo as pessoas mais inocentes que não queiram acreditar que esse tipo de coisa possa acontecer e ser cometido por alguém da própria família.
É perfeitamente compreensível que a família desses dois suspeitos os apóiem – se tiverem realmente certeza da inocência deles – mas é assustador se imaginar que sabendo que eles sejam culpados lutem pela inocência deles e acabem deixando essas outras crianças que restaram a mercê de gente tão doente.

Daniele disse...

Infelizmente o Brasil é assim,mas como outros casos bastantes parecidos,os assassinos saem impune.
No meu estado(Pará)na maiorias das vezes pessoas que comete tal crime a população acaba fazendo justiça pelas proprias mãos,invadindo a cadeia e espanca os assassinos ate a morte.
Mas isso não seria o melhor meio,devemos aproveitar que a MIDIA esta muito em cima desse caso e apelar para trocas as leis antigas desse país...Assim podemos dormi sossegado que sabemos que os culpados estaram na cadeira pagando pelo que merecem...
Vamos levantar a bandeira de troca de leis já....beijos Glória e sei que podemos contar com você para essa luta....energias positivas para voce querida...Dani-Japao

Carla disse...

Gloria tens toda razão. Se as pessoas agissem mais ao invés de ficarem apáticas muitas vezes e só batendo boca no virtual e partissem pro real, na luta, em busca de uma mudança nas leis. Mesmo que não conseguissem tal mudança, mas poderiam olhar diante do espelho e dizerem orgulhosas.
Ao menos eu tentei!

Tatiane Rodrigues disse...

Olá gloria.
Tenho tido notícias que está sendo organizado um abaixo assinado e passeatas em São Paulo e Rio de Janeiro, exigindo a prisão perpetua para crimes hediondos.
Acho que já passou da hora do Brasil se mover contra barbaridades.
Esse código penal brasileiro é para dar risada.
Beijos
Tatiane

Tatiane disse...

Posso parecer um tanto quanto cruel, mas sou a favor do ' Código de Hamurabi' para crimes hediondos.
Os dois monstros que assinaram essa menina deveriam ser igualmente jogados do 6º andar. Mas é necessário que a população se mobilize exigindo no minimo prisão perpetua para crimes hediondos e nada de assassinos serem soltos por bom comportamento.

edson disse...

Gloria ontem assistindo o programa MAIS VOCE de ana maria braga os legistas mostraram passo a passo uma investigação e ainda lembraram o caso da menina monica que caiu do predio e o caso da grande estrela DANIELA PEREZ,pessoas que foram tiradas do seio familiar por mostros inqualificaveis que estão levando a vida normalmente, no caso de Isabella o pai e a madrasta deveriam ganhar o oscar de melhores atores com aquela materia mostrada no fantastico... Francamente as leis do brasil sao as maes para o crime....Saudades da Dani.....

cs_fernanda disse...

Mas qual seria o primeiro passo para se conseguir uma mudanca no codigo penal? Pq essa matematica eh absurda! Pra que entao dizer que os assassinos foram condenados a 60 anos de cadeia se nunca sera permitido que se cumpra mais de 30 anos? Ou melhor nao cumprirao mais de 5 ou 6 anos pelo que entendi... Pq essa condecendencia da justica brasileira com criminosos? Isso eh revoltante no minimo.
Muito triste a realidade do nosso pais:-(

well disse...

Me belisque para ver se eu estou vendo o que eu estou vendo. A justiça prevalecerá, disse o um. A justiça prevalecerá, disse a outra.
Pior é que se dependermos da justiça e de sua matemática burra
Isabella é o WTC que atingiu o coração de todos aqueles que tem.
As criança são o(s) nosso (s) presente (s). Sem elas não há futuro. Devíamos ter um ministério só para elas.
Em meio a tudo isso, resta Isabella, uma garotinha sorridente, que não mais.

Amiga disse...

Gloria, é impossível esquecer a crueldade que cometeram contra sua filha ,assim como com este anjinho Isabella. Pior ainda é saber que o assassino de sua filha já goza de liberdade. Também me entristece a possibilidade iminente de uma pizza no caso Isabella, em que o código penal brasileiro+ o dinheiro, "comprariam" a inocência do casal monstro.

A população está revoltada e teme que, mesmo sendo condenado , o casal monstro ainda fique em liberdade.Esta possibilidade (da impunidade)justifica um pouco a ira da população, que deseja fazer justiça com as proprias mãos.

É certo que esta ira deveria ser canalizada para outro sentido(mudanças no código penal) porém ,como cobrar desta população(sem conhecimento,sem estudo,sem perspectiva)uma atitute cívica,uma atitude cidadã? Aí entra a mídia, que deveria forçar a barra p/ este sentido(uma ampla discussão cobrar
maior rigor no códio penal).Mas isso venderia poucos comercias e talvez não alcançasse o "ibope" desejado.

Enfim, só DEUS!!!!!!!!!!!!!

mrab disse...

Glória,

Sei que o que me faz escrever não tem relação com o texto, mas gostaria de lhe enviar um material sobre "assédio moral no trabalho". Se estiver interessada, meu e-mail é mrab@hotmail.com (Márcio).

Um abraço

Odele Souza disse...

Glória,
Você, assim como eu, sabemos por experiência própria que a justiça de nosso país é absolutamente injusta.

O que você explica no post é bem o que vai acontecer: No final, os bandidos,os assassinos, cumprem uma pena de "faz de conta."

Nosso sistema jurídico é lamentável,é moroso, vive no limbo e parece não fazer questão de mudanças, que deveriam acontecer - e já - não só no código penal, mas nas leis em geral. A falta de agilidade na condução de processos e condenação de culpados por acidentes graves e crimes hediondos, acaba por beneficiar os criminosos e punir as vítimas. E por causa dessa realidade, a sensação de sermos órfãos da justiça, é tão inevitável quanto deprimente.

Acredito que a solução seria realmente sairmos da constatação para a ação. Mobilizar pessoas e exigir mudanças imediatas para que a justiça seja mais ágil, e as penas mais severas. Bandidos e criminosos têm que ser rápida e exemplarmente punidos.

Um abraço.

Paty disse...

Dá revolta mesmo, mas eu fico pensando nos vizinhos destes dois. Imagine só, o povo que não tem nada a ver com a história está passando por uma situação infeliz. Situações simples como sair da garagem viraram um tormento...
E sobre a reforma do código penal, bom, esta aí parece que ninguém tem nenhum interesse "material$" para que ela aconteça. Está tudo errado: polícia, governo e povo.
Já fui assaltada no RJ com metralhadoras apontadas para a minha cabeça e por muito pouco, não morri. E se eu tivesse morrido, do que ia adiantar minha família vestir camisetas brancas e protestar? Nada! A vida não vale nada no Brasil... :(
Aliás, este foi um dos meus motivos principais para morar em outro país. Não agüentava mais tanta violência e o fato de trabalhar e não poder ter/ viver as coisas.
Sinto muitas saudades, mas por enquanto, vou ficando por aqui até o dia em que as coisas no Brasil melhorem um pouco.

Renato Ferreira disse...

Glória,
Acompanhei o sofrimento que você passou com o assassinato da tua linda filha e concordo com teu comentário.
Não adianta o povo tentar fazer justiça com as próprias mãos, até porque um crime não justifica o outro.
Mas, acredito que muitas dessas manifestações são incentivadas pelo sensacionalismo de muitos programas de televisão, feitos por pseudos jornalistas, que não têm compromisso com a ética da profissão.
Parabéns e abraço,

Renato Ferreira

Daniela disse...

Concordo com o Renato Ferreira quando fala do sensacionalismo de pseudo jornalistas... Tem gente que não para pra analisar o que ouviu. Mal escuta e sai comentando e vira uma bola de neve e no final nada de bom deixou.
Este caso, como tantos outros, revolta, mas é preciso mais. É preciso arregaçar as mangas e como cidadão, pelo menos tentar fazer as coisas funcionarem. Cruzar os braços, dizer que não tem jeito, não nos levará a lugar algum.
Toda caminhada começa pelo primeiro passo.
Admiro muito você, que fez da sua dor uma grande luta.
Ainda não terminou.

kero_voc disse...

Concordo plenamente com que a Glória Perez escreveu. Postei comentários em várias Comunidades, enfatizando o fato que DEVEMOS LUTAR PELA MUDANÇA DAS LEIS DO NOSSO PAÍS! Que essa tragédia sirva como um "despertador" para sociedade.

Mickael disse...

Oi Gloria.. Sei que o que vou escrever nao tem relacao ao texto que voce escreveu, mas voce sabe que sua minisserie Amazonia vai comecar a ser transmitida pela Omni1 no Canada!! Quero muito ver essa minisserie! bjs

LUNÁTICA disse...

Oi Glória Perez, infelizmente, o Brasil é o país da impunidade. Não tem um código penal adequado de à nossa realidade, sendo um verdadeiro factóide, uma ficção, uma vergonha. Vivemos no país do primitivismo e não no século vinte e um. Lembro-me da crueldade e atrocidade que cometeram contra sua filha e que quando soube, não dormi direito por longos dias, assustada com a situação.

O pior ainda é saber que quem cometeu está em liberdade, como se nada tivesse acontecido. Sei que o caso da Isabella poderá terminar em pizza, assim como tantos outros crimes hediondos, ficaram na impunidade. Quando um pai de família fica preso por que roubou um pacote de carne no supermercado, porque não tinha dinheiro para comprar e alimentar o filho. Esse sim, pode ficar preso, o marginal que mata, não pode ficar preso, tem tantos direitos, amparo de instituições...
Não esqueço que a senhora mesmo lutou para haver alguma mudança, conseguiu um monte de assinaturas e mesmo depois, de 15 anos nada mudou, os crimes pioraram, cada dia, um pior que o outro. Deveria ter maior rigor com situações destas que ficam impunes, familiares, amigos sofrendo porque perdeu seus entes queridos, os políticos sentados com suas "canetadas", o povo pagando o salário e outros "apetrechos" deles e contribuindo para que tenha crimes, pois, estão pouco se importando e dando ênfase, a maior brutalidade que tem o ser humano, a capacidade de matar outro a troco de nada, ainda mais sendo criança que será o futuro do nosso país. As leis deveriam ser mais rigorosas, para punição exemplar mesmo para que intimidasse ao infeliz em não cometer uma atrocidade deste tamanho, que é matar outra pessoa, com requintes de crueldade. Imagina se o crime fosse feito nos Estados Unidos? Estariam em liberdade, questionando o trabalho da Polícia? Não. Já tinham apanhado, estariam preso e sem direito à liminar para sair da prisão.

É devido à impunidade, que a população brasileira prefere buscar fazer justiça com as próprias mãos, por ter tanta revolta. Sem esquecer, que há o fator da falta de estudo, de perspectiva de vida, sem conhecimento e falta de informação, jamais poderemos conseguir uma mudança de atitude da população, que passou aceitar a situação e não procura cobranças sobre os seus direitos. Cada vez dá mais vergonha e nojo em ser brasileira.

Carolina disse...

Todos nós sabemos q não é tão simples assim! Fazer uma manifestação e ser taxados pela mídia como vândalos? Manifestação passífica? NUNCA adiantou nada! O povo tem q aprender a votar... conhecer o seu candidato para cobrar deles! Assistir ao jornal nacional e concordar com tudo o q a Fátima Bernardes e o Willian Boner falam não adianta de nada! O brasileiro deve se questionar, buscar respostas, formar sua própria opinião! Ao invés das pessoas ficarem sentadas no sofá esperando notícia sobre o caso Isabella, deveria estar estudando a respeito dos seus candidatos, afinal, estamos em ano de eleição! É natural q um caso como esse choque a população... Mas não precisamos sustentar o Ibope de uma imprensa q se aproveita do sofrimento alheio... Mas algo de bom precisa-se ressaltar... o empenho da polícia nesse caso me deixou impressionada em vista q diversos casos como esse ocorrem todos os dias e nem 20% são solucionados!
As Leis Brasileiras são ridículas... eles ficarão pouquíssimo tempo presos e o tempo em q ficarão presos comerão feijoada no almoço, assistirão TV durante o dia, e dormirão uma noite confortável em uma sela especial à NOSSAS custas!
Acho q já escrevi demais... o que não acontece com a maioria dos jovens q a essa hr da noite devem estar em alguma balada, enchendo a cara, dirigindo embreagado e matando outras Isabellas por aí!

Aline disse...

Querida Gloria
Estamos organizando uma passeata em nome da pequena Isabella, ela sera nossa bandeira mas estaremos com certeza em nome de todas as crianças vitima da violencia.
Quem puder participar da comunidade, terá maiores detalhes.
Contamos com a ajuda de todos
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=51211718

Talita disse...

Glória, concordo plenamente!
Tenho apenas 21 anos, e já estou cansada de tanta violência e impunidade neste país. Cada dia que passa, fico mais indignada com o que vejo na TV ou leio no jornal: crimes cada vez mais bárbaros, contra pessoas inocentes e de todas as idades. Há alguns dias, eu e um grupo de conhecidos criamos um abaixo assinado on-line (http://melhorabrasil.webcindario.com/), cujo objetivo é justamente este: revisão dessas leis jurássicas, impossibilidade de progressão, regime integralmente fechado...Enfim, queremos mudanças! Algumas pessoas criticaram tal manifesto virtual, mas ao meu ver...acho que tudo é válido. Se não der certo, não vejo problema algum...eu tentei, e tentarei novamente! Você acha que estou errada? Se cada um tivesse um pouquinho desse pensamento e força de vontade que você tem, eu tenho, e as pessoas que comentaram neste blog parecem ter...com certeza já teríamos conquistado algo. Talvez alguém tenha que dar o primeiro passo, para que o resto siga...Ou talvez os brasileiros tenham medo de lutar e correr atrás? Talvez não sentem tanta necessidade de mudanças, como muitos dizem? eu não sei! Mas a esperança de uma justiça mais rigorosa e que funcione, continua.

O caso da menina Isabella comoveu muita gente, das mais variadas idades...Particularmente, não me conformo com tamanha crueldade perante esta menina indefesa. Se eles forem oficialmente acusados, e tudo que você citou no texto ocorrer (responder processo em liberdade, 4 anos até julgamento, progressão, etc), Você não acha que a população poderá finalmente acordar e se manifestar de alguma forma? Casos como este de Isabella, infelizmente, ocorrem todos os dias...Mas este é o "show" do momento, só se fala nisso. E pelo o que mostra a TV, a população está extremamente revoltada, ao ponte de tentar invadir residência, ficar de plantão em delegacia...


Bom, achei o seu blog por acaso, e adorei. Sempre que puder passarei por aqui, para prestigiar esta mulher inteligente, linda e guerreira você sempre foi.

Beijos,
Talita Rocha
(tally_rocha@superig.com.br)

. disse...

Isabella, pedimos o seu perdão porque nós, adultos, criamos leis que beneficiam criminosos. A lei brasileira presume a inocência de um assassino, mesmo diante de evidências razoáveis de culpa. Porém, essa mesma lei não vê a inocência de uma criança.

Adultos brasileiros, Isabellinha, têm o costume de ficar parados, assistindo às crianças morrerem.
Com isso, no Brasil, dezesseis vítimas infantis são assassinadas todos os dias. Criancinhas da sua idade, são torturadas, como o menininho João Hélio lá do Rio de Janeiro, e os corpinhos são trucidados sem piedade. E o povo brasileiro não faz nada.

Os assassinatos de crianças e adolescentes aumentaram 306%, no Brasil, entre 1980 e 2002. Eu sei que você não vai entender esses números.
Você – como toda criança – queria viver, brincar, sorrir, ser feliz. Esse seu direito, o assassino tirou. E agora esse mesmo assassino pode se beneficiar da lei molenga e da preguiça dos brasileiros.

Perdoe, Isabella, este país, que ainda é uma criança, no sentido irresponsável da palavra. Ele também não cresceu.
Em assuntos sérios, como os homicídios de crianças, o Brasil parece brincar com a justiça necessária ao caso, diante de leis que soam como brincadeira; infelizmente, de péssimo gosto. Este país, Isabella, não gosta de punir criminosos.

Iza disse...

Aqui se faz Aqui se paga, ajustiça dos homens pode ser falha mas a Deus não é.
Pode ter certeza
Love Glória

Marina Silva disse...

Concordo com a Glória. As leis penais precisam ser mudadas urgentemente. Até quando um Código obsoleto de 1941 tem que ficar em vigor? Até o parente de parlamentar ser assassinado?
Como no caso de sua filha, Glória, o meu pai também foi assassinado de forma fria e covarde, sem direito a defesa. Seu nome era Carlos Augusto da Silva José. Era Psicólogo, e trabalhava em um consultório na Tijuca. Foi assassinado a tiros no dia 17/12/2007, e seu cliente assassino vai ficar impune. Está em liberdade provisória (graças ao caríssimo escritório Sahione)levando a sua vida como se nada tivesse feito. O que fazer para unir um povo tão desorganizado em uma causa tão justa como a que obriga criminosos a ficarem presos A PENA TODA e também durante o processo?

Eva Regina Paula Affonso disse...

Olha Glória, essa é uma mensagem para você ler.
Meu marido era o Psicólogo Carlos Augusto Silva, que foi assassinado a tiros dentro de seu consultório, na Tijuca, pelo seu cliente em dezembro de 2007. Ele recebeu vários tiros. Estou com raiva de Deus. O bandido que brutalmente matou meu marido está nas ruas, com o consentimento da justiça, dirão: Deus é justo! Como pode ser? Um homem trabalhador, honesto, que vivia para a família. Que estava ensinando aos estudantes de Direito, a serem mais humanos através da Psicologia Jurídica. Que estava se formando em Direito (faria a última prova do curso para receber o diploma no dia seguinte de sua morte), para ensiná-los melhor. Eu, preocupada com a violência, pedia a Deus todos os dias, que meu marido amado voltasse em segurança para casa, mas Deus não me ouviu! No fim de semana antes da tragédia, fomos ao Shopping, escolher nossas alianças de Bodas de Prata, fazendo planos para o nosso futuro, escolhendo as velas e a torta para comemorar o seu aniversário de 50 anos que era no dia de Natal (25/12) e procurando uma casa nova. Por que não? “Somos honestos, não fizemos mal a ninguém, não roubamos ninguém para conseguir o que temos.” Mas Deus não me ouviu! Como pôde deixar um psicopata com cérebro corroído por drogas, espancador de mulheres, que pode fugir a qualquer momento para a França, fazer tamanha brutalidade! O meu Sogro, doente e debilitado devido à idade avançada, sabendo da desgraça, morreu, quinze dias após o filho querido (não o único), que lhe fazia, além de companhia, a barba e cortava seu cabelo todos os sábados.
É muito doloroso ver minha filha chorar quase todas noites e nada poder fazer, porque o pai, seu grande amigo e conselheiro, nunca mais voltará para casa. Não pude dar a ele a boa notícia de que nossa filha foi aprovada e classificada no vestibular para duas Universidades Públicas (UFRJ e UNIRIO), que irá também estudar Direito (o grande sonho dele, vê-la na universidade). Só agora eu consegui pagar o enterro, enquanto o psicopata rico contrata bons e caros Advogados para difamar um morto que não pode se defender.
Perdoe o desabafo, mas é uma tentativa de clamar por justiça e celeridade em mais um caso absurdo de violência e impunidade em nosso país.

kero_voc disse...

Estamos tentando promover uma manifestação para mudarmos nossas leis, mas parece que o povo não quer sair do mundo virtula p/ as ruas. Temos q fazer barulho para alcançarmos nosso objetivo. Manifestação pacífica não surte efeito. Quem quiser participar e colaborar é só entrar na comunidade e dar sugestões.

Comunidade para participação ativa na manifestação:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=51211718

marcia disse...

concordo com vc, e como vc foi uma ativista gostaria de saber se existem assim como o manifesto da amazonia, uma forma legal de recolhermos 1 milhao de assinaturas para que possamos sim fazer algumas coisa, nao so pela Isa mas por tantos outros, meu email patitamar@bol.com.br

Emiliana Beraldi disse...

Essa justiça brasileira me deixa triste e ao mesmo tempo muito revoltada. Esse código penal já passou da hr de ser revisto.
O sujeito comete uma crueldade tamanha, tira a vida de pessoas e fica na cadeia por 6, 8 ou 9 anos, depois sai em regime condicional. Francamente não á pra aceitar isso.
Mesmo diante disso não podemo nos calar é preciso que o povo continue a clamar por justiça!!!

Laura disse...

Gloria, é por isso que eu sou a favor da pena de morte. Em nome dos direitos humanos de assassinos e ladrões, as pessoas de bem é que acabam sem direito algum no Brasil.
O que aconteceu a sua filha foi um dos crimes mais absurdos da história do Brasil. E os assassinos estarem aí livres simplesmente nunca vai dar pra engolir.

Luciana disse...

Oi Gloria!
Vc disse tudo: "a lei brasileira é a mãe do crime". E os pais são aqueles vagabundos que ficam posando de "senhores idôneos", que só querem saber de cassar o mandato do presidente da república, enquanto aqui, no mundo real (bem distante de Neverland, Brasília) o pau come solto.
Cada vez que um familiar - e isso começou com você, quando a Dani morreu daquela forma estúpida, nas mãos daqueles dois nojentos - faz um abaixo-assinado de mais de 2 milhões de assinaturas, entrega nas mãos do mordomo do Drácula (o Michel Temer) e o desinfeliz engaveta, quando cobrado, o que o "probo" senhor diz? Que "A revisão do Código Penal não pode ser revista no calor da emoção". Oras! Se nunca esfria pois todos os dias acontecem crimes hediondos que revoltam a população, quando é que esses "probos senhores" vão discutir isso? Dia 33 de fevereiro de 3008? é A Dani; é aquela menininha que foi estuprada, trucidada e queimaram o corpo; é o Ives Ota; é aquela familia de Santa Tereza; é a Liana e o Felippe daqui de Sampa; é o casal Richtoffen; é a Gabriela ai no RJ; é a familia de Bragança Paulista; é a Isabella. Para todos, exceto a Isa, fez-se abaixo-assinado pedindo revisão do Código Penal...e sempre, as mesmas desculpas do Congresso!
Isso me revolta profundamente, pois ninguém, absolutamente ninguém está a salvo de ter um parente morto de forma cruel. Eu posso escrever essa mensagem hoje para vc e amanhã, na mesma hora, estar num carro do IML depois de ter sido morta cruelmente. Minha mãe escapará de ver a impunidade? Não!
Então, nós 190 milhões temos que pegar esse Congresso pelo colarinho e fazê-los trabalhar de acordo com que queremos. Frio, a gente não vai nunca conseguir; que discutamos o assunto no calor da emoção mesmo.
Beijos.

Luciana

specyal disse...

 “MÃE”...

  Uma simples mulher existe que,
  pela imensidão do seu amor,
  tem um pouco de Deus,
  e pela constância de sua dedicação
  tem um pouco de Anjo;
  desvenda os segredos da natureza,
  assume a simplicidade das Crianças.

   FELIZ DIA DAS MÃES!!!

Ricardo disse...

Prezada Gloria Perez,

Como juiz que sou, acho sinceramente, e com pesar, que a culpa não é das leis, mas na verdade de quem as aplica.

O Código de Processo Penal já diz que "São efeitos da sentença condenatória recorrível: I - ser o réu preso ou conservado na prisão" (art. 391). A mesma regra se aplica, no caso de crimes dolosos contra vida, quanto à sentença de pronúncia (art. 408).

Pois bem. Então de quem é a culpa? Infelizmente do Judiciário, mas, advirta-se, PRINCIPALMENTE dos tribunais superiores, o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça - o primeiro composto, em sua quase totalidade, por advogados de carreira e com passado político, e o segundo com pelo menos metade de membros nessas condições. Foi o Supremo Tribunal Federal que tornou letras mortas as leis JÁ EXISTENTES, firmando o entendimento de que só depois do trânsito em julgado é possível a prisão de criminosos (salvo casos absolutamente excepcionais e distanciados da realidade brasileira).

Para se ter uma idéia, o Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional vários preceitos da Lei de Crimes Hediondos, diploma legal aprovado em grande parte devido aos esforços de V. Sa.

Assim, a sociedade brasileira precisa se aperceber que a verdadeira discussão que se deve enfrentar é o modo de indicação de ministros do Supremo Tribunal Federal (e do Superior Tribunal de Justiça), onde o que prevaleça seja o compromisso com a sociedade e com as vítimas de crimes e não vínculos/amizades com políticos e um passado de defesa de criminosos (afinal, quem passou a vida defendendo réus, tem uma tendência psicológica de continuar a fazer isso quando magistrado for). Enfim, que a sociedade possa escolher Ministros preocupados com as vítimas e não com bandidos.

Atenciosamente,

Ricardo
Juiz Federal

MOMENTO DE REFLEXÃO... disse...

SEI QUE TODOS JÁ ESTÃO CANSADOS DE OUVIR FALAR DO CASO ISABELLA NARDONI...É TRISTE E NOS DEPRIME...MAS PRECISAMOS FAZER ALGUMA COISA...NÃO PODEMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS ENQUANTO CRIMES COMO ESSE ACONTECEM TODOS OS DIAS NO BRASIL E NO MUNDO...CRIMES CONTRA AS NOSSAS CRIANÇAS INDEFESAS...CONTRA A ESPERANÇA E O FUTURO DO MUNDO! JÁ NOS BASTA A POLÍTICA BRASILEIRA...A CORRUPÇÃO, ETC...
MAS, DAÍ PASSAR A MALTRATAR E NEGLIGENCIAR AS NOSSAS CRIANÇAS, VÍTIMAS DE PESSOAS "DOENTES/ DESEQUILIBRADAS", É DEMAIS.NÃO ACHAM?

ESSAS PESSOAS QUE SE SENTEM DOENTES DEVEM PROCURAR AJUDA MÉDICA, FAMILIAR, ETC. TODOS NÓS TEMOS O DIREITO E CORREMOS O RISCO DE ADOECER, DE NOS SENTIRMOS FRACOS E VULNERÁVEIS PSICOLOGICAMENTE. MAS NINGUÉM TEM O DIREITO DE TIRAR A VIDA A NINGUÉM...PRINCIPALMENTE DE UMA CRIANÇA, QUE É INDEFESA E INOCENTE DIANTE A VIOLÊNCIA DE UM ADULTO.

VAMOS APROVEITAR O MEDIATISMO DESSE CASO PARA ARREGAÇAR AS MANGAS E PRESSIONAR A JUSTIÇA BRASILEIRA!!!

NÃO É TODOS DIAS QUE UM CASO DE VIOLÊNCIA TEM ATENÇÃO DA IMPRENSA, COMO ESTE. MAS DE CERTEZA QUE TODOS OS DIAS CRIANÇAS SÃO VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA NO BRASIL E NO MUNDO...PELOS QUATROS CANTOS DO PLANETA, OUVI-SE FALAR DE ESTUPRO, VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, SEQUESTRO E ASSASSÍNIOS CONTRA CRIANÇAS. BASTA!

NOSSAS CRIANÇAS PRECISAM DA NOSSA AJUDA...PRECISAM DE JUSTIÇA!

É DO CONHECIMENTO DE TODOS QUE A PRISÃO PREVENTIVA DO CASAL NARDONI É FUNDAMENTAL PARA O CASO SER JULGADO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL (TALVEZ DENTRO DE UM ANO). CASO AGUARDEM EM LIBERDADE PELO JULGAMENTO, ESSE PODERÁ DEMORAR CERCA DE CINCO ANOS.


INFELIZMENTE, SABEMOS COMO FUNCIONA O NOSSO PAÍS...COM DINHEIRO QUASE TUDO É POSSÍVEL! E ME PARECE QUE AS FAMÍLIAS NARDONI E JATOBÁ TÊM ALGUNS RECURSOS FINANCEIROS, ACIMA DA MÉDIA DA GRANDE MAIORIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA! CONTRATARAM 3 ADVOGADOS; O PAI DO ALEXANDRE NARDONI TAMBÉM É ADVOGADO E DEVE TER MUITOS CONHECIMENTOS E INFLUÊNCIA NO MEIO, ETC,ETC.

E CINCO ANOS É MUITO TEMPO!

ATÉ LÁ JÁ CONSEGUIRAM ALTERAR AS COISAS/ TESTEMUNHAS, ETC PARA BENEFICIAR/ DIMINUIR A CULPA DO CASAL (CASO SEJAM CULPADOS). SEM FALAR NA EUFORIA E REVOLTA POPULAR (QUE INFLUÊNCIA).

DAQUI A CINCO ANOS LEMBRAREMOS DO CASO, MAS NÃO COMO HOJE...POIS MUITAS COISAS BOAS E TAMBÉM MENOS BOAS ACONTECERÃO NO BRASIL E NO MUNDO...
TEREMOS A COPA DO MUNDO...AS OLÍMPIADAS...MUITOS JOGOS...CARNAVAIS...ELEIÇÕES...OUTROS CASOS CHOCANTES...ETC...ETC...ETC...ALÉM DA NOSSA VIDA COTIDIANA.

PENSEM NISSO!

NÃO SOMOS JUÍZES PARA JULGAR NINGUÉM...MAS DEVEMOS E TEMOS O PODER DE ACELERAR A APLICAÇÃO DA JUSTIÇA.

SE O CASAL É REALMENTE INOCENTE, COMO AFIRMA, QUE PROVEM EM UM ANO. O TEMPO SÓ DIFICULTARÁ AS PROVAS E VESTÍGIOS DA INOCÊNCIA DELES. NÃO ACHAM?

POIS A PERÍCIA, SEGUNDO O PROMOTOR FRANCISCO CEMBRANELLI, RESPONSÁVEL PELO CASO, MOSTRA QUE SÃO CULPADOS.
NESTE MOMENTO É DIFÍCIL ACREDITAR NA INOCÊNCIA DESTE CASAL (INFELIZMENTE).

NA VERDADE TODOS NÓS, O BRASIL INTEIRO PREFERIA QUE APARECESSE UM "MONSTRO" QUE INVADIU O EDIFÍCIO LONDON NA NOITE DO DIA 29 DE MARÇO E COMETEU AQUELE CRIME HORRÍVEL CONTRA A MENINA ISABELLA...

ASSIM FICARÍAMOS MAIS ALIVIADOS E NÃO ABALARIA TANTO A ESPERANÇA NA CONSTITUIÇÃO FAMILIAR, QUE É A BASE DA SOCIEDADE...

MAS INFELIZMENTE ISSO PARECE MUITÍSSIMO IMPROVÁVEL... (VEJO TODOS OS DETALHES DA PERÍCIA E DO CASO NO WWW.G1.GLOBO.COM/NOTÍCIAS/SÃO PAULO)

SUGIRO QUE REPASSEM ESTA MENSAGEM AOS QUATRO CANTOS DO BRASIL E DO MUNDO...VAMOS FAZER UM PROTESTO A FAVOR DA JUSTIÇA NO CASO ISABELLA( PARA QUE SIRVA DE EXEMPLO E CHAME A ATENÇÃO DOS LÍDERES DOS GOVERNOS PARA A VIOLÊNCIA QUE SE EXPOEM AS NOSSAS CRIANÇAS).

O CASAL NARDONI TEM QUE SER JULGADO RÁPIDO, NEM QUE PARA ISSO FIQUEM UM ANO PRESOS!

VAMOS FAZER MANIFESTAÇÕES JUNTO AOS TRIBUNAIS NAS NOSSAS CIDADES!
CARAVANAS PARA SÃO PAULO E BRASÍLIA!
VAMOS CRIAR MAIS ASSOCIAÇÕES EM DEFESA DA CRIANÇA E INFOCAR O CASO ISABELLA!
VAMOS GRITAR PARA OS REPRESENTANTES DA JUSTIÇA BRASILEIRA: FAÇAM ALGUMA COISA E RÁPIDO!
VAMOS FAZER ALGUMA COISA PARA A JUSTIÇA TRABALHAR DENTRO DE UM ANO!
NÃO VAMOS ESPERAR CINCO ANOS!
VAMOS PARA AS RUAS CONSCIENTES DA FORÇA QUE TEMOS!
VAMOS FAZER A REVOLUÇÃO NA JUSTIÇA DESSE PAÍS!
A UNIÃO FAZ A FORÇA!
LEMBREMO-NOS DE GERALDO VANDRÉ, ENTRE OUTROS...!
A DITADURA TALVEZ AINDA EXISTISSE NO BRASIL ATÉ HOJE, SE OS JOVENS NÃO TIVESSEM SAÍDO À RUA PARA PROTESTAR!
NÓS TEMOS DIREITOS...PAGAMOS IMPOSTOS!
O BRASIL É NOSSO...OS NOSSOS FILHOS SÃO O FUTURO DESSE PAÍS!
E QUEREMOS O MELHOR PARA NOSSOS FILHOS!
A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA TEM MUITAS FALHAS...QUE MELHOREM AS LEIS!
PRECISAMOS DE UM PAÍS MAIS JUSTO...E ISSO NÃO É UTOPIA!
TEMOS DIREITOS!
TEMOS QUE SAIR ÀS RUAS NÃO POR CURIOSIDADE, MAS POR JUSTIÇA...NAO POR ANARQUIA, MAS POR DEMOCRACIA!
O DIREITO À VIDA E À JUSTIÇA TÊM QUE SER ASSEGURADOS!
OS DIREITOS DAS CRIANÇAS!
INFORMEM-SE...UNAM-SE...FAÇAM ALGUMA COISA!
POR FAVOR NÃO SE CALEM...JUNTEM-SE E FAÇAM A DIFERENÇA...SOMOS CAPAZES DE MELHORAR O NOSSO BRASIL!

ACHO BONITO AS HOMENAGENS À ISABELLA NO YOUTUBE, ORKUT, ETC...MAS NÃO SÃO SUFICIENTES!
TEMOS QUE CALCAR O CALO AONDE ELE DÓI...
NÃO BASTA TERMOS PENA DA ISABELLA...TÃO LINDINHA...
IMAGINEMOS O QUE AQUELA CRIANÇA SOFREU ANTES DE MORRER...E TENHAMOS CORAGEM E NÃO ÓDIO PARA LUTAR
E REINVINDICAR TODOS OS DIAS ATÉ QUE O CASO SEJA JULGADO...E A VERDADE PREVALEÇA...

QUE ME DESCULPEM OS FILHOS E FAMILIARES DO CASAL, MAS SE FOREM REALMENTE CULPADOS...TÊM QUE SER CONDENADOS E CUMPRIR A PENA NA PRISÃO!


MUITO OBRIGADA PELA VOSSA ATENÇÃO,

REPASSEM SE CONCORDAREM! PENSO QUE VALE A PENA ACREDITAR!

ROSA MARIA PINTO

09 DE MAIO DE 2008

MOMENTO DE REFLEXÃO... disse...

CONCORDO COM VOCÊ GLÓRIA PEREZ...
O PROBLEMA ESTÁ NAS LEIS DO NOSSO PAÍS...
ONTEM VI ALGUNS VÍDEOS NO YOUTUBE SOBRE O CASO DA SUA FILHA, POIS QUANDO ACONTECEU EU TINHA 16 ANOS... NÃO TINHA A CONSCIÊNCIA SOCIAL QUE TENHO HOJE...ESTOU FORA DO BRASIL A 10 ANOS E NAO SABIA AO CERTO COMO TINHA FICADO O JULGAMENTO...

FIQUEI MUITO TRISTE AO VER O VÍDEO:"OS ESQUECIDOS PELA FAMA"PARTE 6-GUILHERME DE PÁDUA.

COMO É POSSÍVEL AS LEIS BRASILEIRAS PERMITIREM QUE UMA PESSOA QUE COMENTEI UM CRIME COMO ESSE TENHA CUMPRIDO APENAS 6 ANOS DOS 19 A QUE FOI JULGADO.E POR TER SE COMPORTADO BEM NOS 5 ANOS SEGUINTES...JÁ TER O NOME LIMPO...VOLTOU A SER RÉU PRIMÁRIO...
ISSO É MUITO GRAVE...
NÃO TENHO CONHECIMENTOS DAS LEIS...MAS QUALQUER PESSOA MENTALMENTE SAUDÁVEL, VER QUE NAO TEM LÓGICA...NÃO É JUSTO...ASSIM NÃO SE CORRIGI NINGUÉM...

E O QUE ME DEIXA AINDA MAIS PREOCUPADA...É QUE VOCÊ LUTOU...MOBILIZOU MUITA GENTE...É UMA PESSOA PÚBLICA...A SUA FILHA ERA QUERIDA E CONHECIDA POR TODOS...
IMAGINA AS PESSOAS QUE NÃO SÃO CONHECIDAS...QUE NÃO TÊM DINHEIRO PARA PAGAR ADVOGADOS E ETC...
MEU DEUS...E NÃO SÃO POUCAS...NÓS SABEMOS DISSO...

TEMOS QUE MUDAR ISSO...
POR FAVOR,JUNTA-SE TAMBÉM A CAUSA ISABELLA...
UM GRANDE ABRAÇO...
E CONTINUE LUTANDO...

juliana disse...

Glória,

Admiro teu engajamento,
As leis penais têm que mudar!

Assim como está não é Justiça, é um incentivo a criminalidade.
Acaba gerando o total desrespeito pela Justiça, Polícia e Estado. Ou seja, é o Caos e a barbárie!

GLORIA PEREZ disse...

Ricardo, você tem toda razão!meu pai, que era ministrodo STJ, também pensava que as escolhas políticas estavam desvirtuando o Tribunal.

belinha disse...

Infelizmente,é a nossa realidade,de coraçao , gostaria que esse caso se findase com a prisao dos 2.Pena maxima, tudo certinho como o povo espera ...
Um abraço Gloria

Snoepje disse...

Tive uma tia que foi assasinada a facadas pelo proprio marido, deixando tres filhas criancas pra criar, o sofrimento da minha familia foi muito grande e minha querida avo (falecida em dezembro/2008)criou as 3 meninas com a juda de nossa familia, o assasino estava foragido, foi pego alguns anos depois ,cumpriu 5 anos,e depois disso foi solto, indo morar na vizinhanca da casa da minha avo, minha familia era obrigada a cruzar com ele na rua... esse e o Brasil, um pais que eu nao quero viver e criar os filhos que terei..
Hoje moro no exterior e nao quero de modo algum regressar,apenas pra vistar minha familia.