sexta-feira, 2 de maio de 2008

Viúvas na Índia


Uma viúva deve sofrer até a morte, preservada e casta; A mulher virtuosa, que permanece pura após a morte do marido, ganha o paraíso ; Uma mulher infiel ao seu marido vai renascer no útero de um chacal.
(As Leis de Manu, capítulo 5, versículo 156-161, Dharamshastras)


É, ser viúva na Índia, como diria dona Jura, "né biscoito não"! Mas já foi bem pior, quando a tradição determinava que elas fossem queimadas na pira funerária, junto com a cara-metade. A placa que você vê na foto está no Forte Mehrangarh, em Jodhpur, no Rajastão, e representa as mãos das muitas viúvas do marajá Singh, sacrificadas quando de sua morte.

O ritual se chama Sati e, esporadicamente, ainda é praticado em algumas regiões mais tradicionais, ainda que esteja proibido por lei.

Ele tem origem no sacrifício de Sati, a primeira esposa do deus Shiva, que se matou, numa demonstração de fidelidade ao amado que estava sendo humilhado.

Ainda que a prática do sati tenha caído em desuso, a sorte das viúvas indianas ainda é trágica o suficiente. Entende-se que elas não trouxeram sorte para a família, uma vez que os maridos morreram. Encontrei recentemente, no livro de uma indiana, a afirmação de que, na Índia, a viúva é um tabu tão forte quanto a necrofilia. Isso porque, segundo a tradição, a mulher é percebida como uma extensão do marido.

Logo que se torna viúva, ali mesmo, diante do falecido, todos os símbolos do casamento lhe são arrancados: quebram suas pulseiras, tiram de seus cabelos a risca vermelha que identifica a mulher casada. Devem vestir-se de branco para o resto da vida e, se muito tradicionais, trazer a cabeça raspada.

Tornam-se um peso para as famílias do marido, uma boca a mais para alimentar, um corpo a mais para vestir. Sem meio de sustento próprio, é comum que se livrem delas, mandando-as para abrigos de viúvas -existem muitos deles em Varanase.

Deepa Mehta fez um belo retrato dessas viúvas em Water, filme que compõe a trilogia da diretora sobre mulheres na Índia. Vale a pena assistir:


30 comentários:

Paty disse...

Nossa! Nem imaginava que isso acontecia! Com certeza vou tentar pegar o filme aqui para assistir. Montamos um grupo de amigas brasileiras e cada semana assistimos algo sobre cultura e debatemos os temas. No último encontro, falei muito sobre o seu blog e indiquei às minhas amigas. As discussões são sempre interessantíssimas e os resultados, surpreendentes.
Fique em paz e tenha um excelente fim-de-semana. Adoro este blog. Estou aprendendo à beça. :)

Thassy disse...

Oi, Glória. Sou admiradora do seu trabalho, frequento seu blog todos os dias. Adorei a idéia de falar sobre a Índia em seu novo trabalho. Estou aprendendo tantas coisas.
Só uma coisa que não gostei.Confesso estar um pouco decepcionada com a disputa pela Juliana Paes. Tudo bem que ela tem o perfil, é boa atriz, mas ela já está em uma novela. Tantas atrizes boas, buscando oportunidades. Vc como uma escritora corajogasa, que sempre nos traz temas novos bem que poderia ousar e lançar novas atrizes. Precisamos renovar para acabr comessas reservas de atores.

Confio em vc para levantar mais essa discussão!

cristiana oliveira disse...

Obrigada,Gloria querida,pelas suas palavras de carinho e amizade num momento tao triste da minha vida.Conte comigo sempre e pra sempre.beijocas.Krika

Daniele disse...

Oi Gloria
Tudo bem minha linda..
Como comentamos no Jantar em Delhi;;;
A realidade das viuvas e muito triste..eu visitei uns abrigos de viuvas e elas passam o dia todo cantando mantras aos falecidos esposo...Mantras esse assustador..
Mas isso e a India...Namaska...Bjs..Dani- Deva

Bárbara disse...

Fiquei impressionada ao saber que ainda acontece, mesmo por debaixo dos panos, morte de viúvas indianas. Penso que sua próxima novela será bem rica. Vai ser um sucesso! É muito bom ter coisas novas, diferentes. Sair um pouco da historinha da mocinha que sofre nas mãos do vilão e conhecer coisas novas.

E concordando com o post da Thassy, também sou a favor de renovar. Penso que existam no Brasil muitas meninas capazes de fazer este papel já que o Brasil é mestiço e a cor das indianas pode ser encontrada aqui facilmente por aqui. Ouse Glória...

Beijos ! Estou ansiosa pela novela.

Anônimo disse...

Nunca imaginei que acontecia esses casos na Índia, foi uma surpresa e tanto quando li o post.

Realmente essa novela vai dar muito o que falar, pois são tantas as diferenças de cultura que vamos ficar cada dia mais curiosos em conhecer melhor o desenrolar da história.

Beijo

Fernando Channoschi

Rita Fernandes disse...

Gloria, bom dia.
Virei uma frequentadora de seu blogger. Admiro seu trabalho e fiquei feliz em saber que seu novo projeto será referente á India. A India é facinante pela cultura e por suas tradições...Acredito muito que o povo Brasileiro esta necessitado de algo com conteudo, que mostre o patriotismo á fé, o respeito e a esperança, que é o maior apreço deste povo...
Que você seja iluminada como és.
Um abraço!
Ps: Necessitamos de pessoas como vc que vem a publico acrescentar com cultura!

*Muito além da percepção mundana* disse...

Impressionante isso, de tanto que tenho lido sobre a Índia, tenho percebido que a realidade é bem complicada se compararmos a nossa, lembrando que em algumas cidades isso tudo ainda é bem comum.
Gostaria muito de ver Water, mas não consegui baixar, mesmo diante de várias tentativas e tb não encontro um local que tenha para locar :(

Bjos

Mara Lígia

Sra Ivana disse...

Glória, o seu blog está muito lindo, cheio dessas curiosidades interessantíssimas sobre a Índia!
Eu já vou espalhando: "Gente...a próxima novela da Glória Perez vai ser sobre a Índia! Vai ser linda! Aguardem!";-)
________________

Muito lúcido os posts sobre o caso da menina Isabella.
Uma palhaçada, um descaso total.
Não convenceu nem um pouco o palavreado daqueles dois.
Dói no coração.
___________
Escritora querida, um grande abraço e obrigada pela atenção que sempre você dispensa ao pessoal que te admira!
Obrigada por tudo.

AGENDOZE disse...

Fiquei encantado com a nova maratona de gloria perz, autora e pesquisadora e que está preparando a \\\\sinopse da próxima novela das oito. Sou fâ desta autora desde os tempos de janete Clair em eue ela se tornou discipula desde "Eu prometo".
Sou fâ incondicional de suas novelas. No momento estou fazendo a Sinopse da adaptaçãoamadora da ópera de verdi "Aida' em novela e esta obra eu dedico a Glória perez

geovanna disse...

Glória,fiquei muito feliz em descobrir seu blog.Fui dar uma olhada no da Liège Moteiro no bloglog e vi que ela tinha indicado o seu.Gosto muito das suas novelas e saiba que chorei quando acabou o último capitúlo de América.Você escreve muito bem,muitas coisas interessantes e enriquecedoras.A partir de agora sempre vou vir aqui comentar,assim como também visito e comento o blog do Aguinaldo Silva,porque admiro muito vocês Autores.Parabéns pelos textos.Beijos.

César disse...

Oi Glória, seu blog é uma verdadeira faculdade, aprendo muito com tudo que você posta, realmente aqui tem de tudo um pouco...fascinante, sou fã do seu trabalho e da sua forma tão peculiar como você desenvolve seus textos e suas histórias, não vejo a hora da sua novela estar no ar, não sei se procede mas tenho lido muitas notícias falando de atores que estão reservados para sua trama, a maioria já trabalharam com você antes, eu gostaria de ver a atriz Yoná Magalhães numa novela sua, sempre tive essa vontade, ela é uma mas maiores atrizes da televisão brasileira e sempre achei que ela combina com seu texto, ela ficaria ótima como uma vilã indiana, espero um dia ver esta dobradinha.
Uma ótima semana, bjos!!!

Paulo Mendes disse...

Sua próxima novela será sobre a India, vc já tem uma estória em mente!! Gostaria também de saber quando começará a novela América na Telemundo!! Sua novelas são as melhores!!

thiago# disse...

Glória,

Tenho lido muito sobre a Índia e também sobre alguns países que fazem parte da ásia. Sempre tive muita curiosidade em saber mais desses povos e de seus costumes. Mas, devo confessar que algumas coisas são assustadoras e até desumanas, visto que vivemos uma realidade totalmente diferente. Antes de começar a me interessar sobre a Índia, eu li muito sobre o Afeganistão. Ao mesmo tempo que achava aquela cultura fantástica, tbm achava alguns costumes estranhos demais para mim.

Gostei muito daqui, quero voltar mais vezes!

Aprecio muito seu trabalho.

Beijos.

Jussiara disse...

Oi Glória meu nome é Jussiara moro na Bahia uma admiradora do seu trabalho por levar sempre ao nobre questões sociais. Gostaria então de lhe fazer um apelo já vimos de quase tudo na teledraturgia brasileira e como mãe de autista que sou sugiro a você, uma abordagem do assunto em sua proxima novela. Para vc ter uma ideia do que leva o descazo do poder público e desconhecimento da sociedade sobre o autismo a revista época desta semana traz isso claramente.
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG83487-6014-520,00-AUTISTAS+EM+CATIVEIRO.html

Vc sabia que para cada 250 nascidos vivos hoje 1 é autista?
São milhares de desassistidos em todo Brasil uma verdadeira vergonha nacional.

Espero que pense com carinho na minha sugestão.
Atenciosamente
Jussiara

Lidiane disse...

Oi Glória, como todos aqui que postaram, sou tb sua fã, principalmente pelos temas de relevância social, além disso vc possibilita ao público o conhecimento de outras culturas, o que nos aproxima desses lugares.
Como sou psicóloga e atriz de teatro amador, gostaria de obter informações suas específicas da profissão. Poderiámos nos comunicar por email?
Parabéns pelo seu blog. Muito interessante as questões referentes à Índia, muito rico e instigante...
Um grande abraço!

GLORIA PEREZ disse...

JUSSIARA,

o video que mostra essas crianças sendo atiradas do alto do templo, segundo esclareceu a professora Sandra Bose, é costumemuçulmano, enão indiano.

antonia disse...

Oi, Glória! Cheguei ficar tonta.Que coisa, isso de ser viúva aí na India! É assustador e desumano.

Denise Arcoverde disse...

Gloria, você viu isso?

http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080501_bruna_abdalah_mv.shtml

vivi disse...

Gloria vc é otima em sua argumentação acerca dos verdadeiros culpados pela morte da menina Isabella Nardoni.Gostaria de saber quando vc vai escrevr outra obra de arte como O CLONE e AMERICA? bjs sou sua fã.

Mariana disse...

Olá!

O filme "Water" é deveras emocionate, lindo e ao mesmo tempo frustrante e triste! O filme foi nomeado aos Óscares 2007 e sofreu muitas críticas por parte do povo indiano ao ser filmado (teve de ser gravado no Sri Lanka).

A trama, é a forma genial que Deepa Mehta encontrou para nos alertar de como os seres humanos têm a capacidade de se adaptar, se acostumar e aceitar a realidade que lhes é imposta. De como as pessoas escondem-se atrás da religião e das tradições para evitar a mudança, ou melhor, não terem que lidar com a mudança. Infelizmente, as tradições acabam por estar tão gravadas nelas que por vezes a morte parece ser a única escapatória.

Mas ela também nos conta, e principalmente, sobre a necessidade de defrontrar e ultrapassar os costumes quando eles estão a ameaçar pessoas e/ou valores que nos são muito mais importantes e prezados. A ameaçar Crianças como a pequena Chuyia!

Simplesmente, um filme que tem de ser visto! Fico muito feliz por o referir aqui, no seu cantinho!

Adeus!

P.S: E como eu já devo ter dito aqui de leve, se possível, gostaria que falasse na novela sobre pessoas com perturbações mentais e o preconceito que elas sofrem pela sociedade.

Maria disse...

Glória, li o jornal Extra e estou chocada com a possibilidade de adiar a novela por causa da Juliana Paes. Não faça isso com seu público, estamos tão ansiosos!

Acompanho seu blog todos os dias e acredito que existam muitas atrizes capazes de fazer esse papel. Lance uma nova atriz com já foi sugerido em outros posts.Não decepcione seu público.

Att,
Maria

Anônimo disse...

olá Gloria perea , acho a atris de duas caras :A luciana Pacheco pode substituir a juliana paes perfeitamente.Ela é linda ,e tem os traços do oriente.
ja para os indianos a juliana paes é vulgar,é uma ofença para a india.

Joana Ferraz disse...

Estou impressionada, chocada com o que acabo de ler. Foi novidade total para mim e te confesso que bateu uma tristeza… é cruel a realidade dessas viúvas.

joana ferraz

Viviane Rossi disse...

Glória!!!! Sou sua fã, acho você uma ótima escritora, quando não vejo um capítulo da novela Caminho das indías fico revoltada,verdadeiramente temos países surpreendentes e quando dizemos que o oriente não é igual ao ocidente, vendo o seu trabalho temos uma verdadeira idéia o quanto aqui é o paraiso. Leis iguais para todos, principalmente a crianças e pessoas de idade... fico feliz em você mostrar ao nosso país, como nossa cultura é bonita e social e porque não dizer feliz... Os nossos velhos e viúvos tem os seus direitos, e são de uma certa forma reconhecidos e as leis são modificadas ao nossos enteresses... Beijos e espero que nas suas próximas novelas você nos mostre países e culturas, como judaicas, chinesas, egipcias etc, o nossso mundo é grande e o conhecimento do povo ainda é pequeno.

viviane rossi disse...

Glória!!! Sou sua fã... acho seus trabalhos incríveis e bastante involventes, além de educacionais, desejo a vc sucesso e saiba qua ao assistir Caminhos da Índia, percebo o quanto nosso país é humano, não somos perfeitos é claro!!! Temos um país cheio de violência, mais porem, a lei existe para todos incluindo raça , relegião e idades, é um país que se preucupa com todos, aonde a justiça demora, mais ainda funciona... Beijos quero que saiba que desde já espero pelo seu novo trabalho, sei que o mundo é grande, cheio de judeus, chineses, egipcios entre outros, cada qual com sua cultura,modo de viver e pensar, as pessoas ao assistir as suas novelas aprendem e evoluem.

Anônimo disse...

oi, glória...sou fã de seu trabalho e gosto mto da novela. é verdade que a juliana (maya) raspará a cabeça por conta da viuvez?? acharia ótimo se acontecesse porque, além de tradição local, me faria apreciar mais o trabalho desta atriz (acho que ela ainda precisa mostrar mais p/ ser um estrela)...beijo grande

Anônimo disse...

Se "cada um é responsável pelas suas escolhas"... então n vejo o padecimento de Maya como algo tão penoso! Ela sabia das consequencias e foi inconsequente até o fim!
Na verdade, gostaria q o Raj terminasse com a Duda q foi a mulher q o amou verdadeiramente e com reciprocidade. Se n ficaram juntos, foi por tramas e artimanhas de muitas pessoas, incluindo aí até o próprio pai dele que, além de negar o direito do amor aos dois, negou-lhe o direito de amar ao próprio filho!
Isso, sem falar no sofrimento de Duda!
E as pessoas ainda ficam torcendo pela Maya?! Q fique com o Barhuam, q n a esqueçeu ainda e tem um filho com ele, oras!
P mim seria o mais sensato. Mas, como esperar sensatez das novelas!
Are baba.....

Glaciana disse...

Nossa é mto chocante tudo isso. Conheci um indiano, ele é a coisa mais linda do mundo. Mas ele prefere não tocar nesses assuntos sobre tudo isso casta casamentos etc. mostrei algumas fotos do rio ganges ele falou " merda de fotos".
arebaba... é bizarro. ele ficou com raiva de mim quando eu disse que amava comer carne e ele só come ovo. Só que ele é um Hindu bem moderninho sabe, é ator de Bollywoold e tal lindo de viver. ah! e detalhe ele fala comigo escondido da familia dele. gente é mto bizarro. arebaba. bjo Gloria adorei sua novela sou sua fã.

Anônimo disse...

Como diz Dona Jura: "Não è brinquedo não!"