segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

heinnnn???? heinnnn????


Nos jornais de hoje, um perito explica que vai ser difícil saber de onde partiu o tiro que atingiu o menino Hugo, quando jogava uma partida de futebol no Clube Federal, alto Leblon:

o alvo é móvel. Até agora, é impossível precisar a posição da vítima no momento do impacto. Sabemos que ele estava parado diante do gol, olhando para a arquibancada, mas ninguém soube precisar a posição da cabeça...

Essa, nem em novela!

Pelo andar da carruagem, só uma coisa se pode concluir com certeza: é mais um caso que vai ficar impune!

6 comentários:

edson disse...

Concordo com voce Gloria mas um caso para ficar impune, tenho pena do menino que perdeu a vida e da familia que fica destroçada...

Carlos Eduardo disse...

deixa ver seu eu entendi, eles sabem para onde o menino estava olhando mas não sabem para que lado estava voltada a cabeça?
é.... está cheirando a pizza mesmo.

Mauro disse...

putzzzz!

Marcos Menezes disse...

O que eu acho mais curioso é que no Brasil inteiro morrem dezenas de jovens diariamente. Só os brancos da Federal viram notícia.

Maria Luiza disse...

Gloria, aposto como eles já sabem quem foi. Essa enrolação é uma vergonha, ninguém é tonto para engolir essa história de alvo móvel. Então exame de balística só dá resultado se o "alvo" estiver parado?
bj

JAMINE BRUNO disse...

concordo com vc...mas um na lista de impunidade.