terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Hipnose para fumantes


Li no France Soir. Depois que entrou em vigor a lei que proibe fumar nos lugares públicos, o jornal vem abordando, todos os dias, um tema em torno do cigarro. O de hoje é a utilização da hipnose terapêutica como meio de se conseguir vencer a dependência do tabaco.

O método é simples: consiste em sugerir, ao hipnotizado, a rejeição ao fumo, procurando desfazer em seu inconscientes, as associações que ele criou entre o cigarro, estados emocionais e situações cotidianas, como tomar um cafezinho, por exemplo, falar no telefone, coisas assim.

Quem fuma ou já fumou, sabe que a dependência vive mesmo dessas associações. O cigarro pode ser uma muleta para suportar tensões cotidianas, ajuda a pensar melhor, libera a imaginaçao, faz companhia. Enfim, está sempre ligado a sensações agradáveis. 

Nesse sentido, ainda que a longo prazo, as proibições acabam tendo seu efeito, na medida em que vão criando associações desagradáveis com o fumo: nao é nada cômodo deixar os amigos na mesa e ir para a porta de um restaurante fumar, por exemplo. 

Sei não... se a hipnose terapêutica for mesmo capaz de  cortar esses vínculos, pode ser uma boa dica. 

Leia AQUI

8 comentários:

thiagofoliveira disse...

Se funcionar, é uma boa pra largar o cigarro. Mas acho que e a força de vontade do fumante que faz com que ele abandone o vício.

Ricardo Zanon disse...

Acredito que além da hipnose um dos fatores primordiais para quem deseja largar esse vício é a força de vontade. Com certeza a hipnose serve como um estímulo a mais na árdua luta contra o tabagismo.

edson disse...

Concordo com o Ricardo o fumante tem que ter muita força de vontade para largar o vicio, claro se tiver mais ajudas sempre e bem vinda,o cigarro e um mal destrutivo da saude....

Renata disse...

Nossa, que sonho!!! Adoraria parar de fumar.
Concordo com todos, o primordial � a for�a de vontade. Mas � d�ficil quando apesar do mal que faz, ele nos acompanha nas mais variadas situa�es, de prazer, de nervosismo, stress...s� quem fuma para saber o qu�o complicado � conseguir parar.

Cássia Valéria disse...

Glória,
Se realmente funciona então é válido. Vício é vício seja qual for e acaba sendo um peso a quem o tem.
E pelo que sei deixar de fumar não é nada fácil, a ansiedade toma conta e aí sim fica mais difícil ainda.
Beijos e ótimo final de semana.
Val

Anderson Rosseto disse...

Gloria,
Como vai?
Estou fazendo um trabalho sobre sua obra desde Eu Prometo, até Amazonia.
Gostaria de saber outros detalhes, coisa pouca.

Beijo,
Anderson

andersonrosseto@uol.com.br

Guga de Limma disse...

Olá, sou estudante de Hipnose Clínica e pelo resumo parece ser uma ótima matéria. Agora, com vícios como o do cigarro, aprendemos que realmente a vontade do paciente é o que prevalece. Ele deve estar decidido e então o tratamento irá facilitar o processo. Há pessoas que chegam a largar o cigarro em uma ou duas sessões.

Anônimo disse...

Acho válido.Eu parei com um livro(!),"O método fácil de parar de fumar"de Allen Carr.E por incrível q possa parecer EU CONSEGUI PARAR,e isso faz 2 anos e NÃO tenho mais vontade!!