quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

o jejum do Karwa Chauth


O Karwa Chauth é o dia em que as mulheres casadas fazem jejum para que os deuses concedam vida e longa e prosperidade a seus maridos.

Logo aos primeiros sinais do amanhecer elas fazem uma refeição à base de frutas e ficam sem comer ou beber água, até a hora em que a lua apareça no céu.

Nesse momento, devem olhar a lua através de uma peneira e ter, ali ao lado, a bandeja com o primeiro alimento do dia. O marido bebe o primeiro gole,  depois dá a ela a água e o alimento.

Os jornais de todo o mundo noticiaram como no ano passado, a maior estrela indiana, Ashwarya Rai, que estava em Los Angeles, deixou de ganhar o papel principal num filme de Hollywwod para voltar a Mumbai e fazer o jejum do Karwa Chauth, pelo marido, o também ator Amitabh Bachchan.

Sobre a oportunidade perdida  Ashwarya declarou: "Você faz o que tem de ser feito. Ficar dividida e infeliz, me sentir confusa ou culpada não é o que eu quero  para mim. Então fazemos nossas escolhas e as seguimos. Algumas coisas você consegue, outras não."

36 comentários:

Mel disse...

Oi, glória! Eu também tenho um blog, que fala sobre moda, saúde, bem estar, e tudo o que as mulheres gostam.
Eu percebi, que depoiis da novela, a moda em roupas e acessórios indianos, criou um certo destaque.
Creio que isso é influência da mídia, pois as pessoas são inteiramentes ligadas no que rola na tv. O que vc acha disso e como se sente por vc, autora da novela, conseguir causar um certa mudança na vestimenta das mulheres que gostam de andar na moda?
Se vc quiser, conheça o meu blog:
www.icharmosa.blogspot.com

Deixe seu comentário e, se quiser, pode responder minNHA pergunta por email: icharmosa.mel@gmail.com

Muito obrigada.

Melissa.

Nãnajade disse...

Oi tudo bem gloria? bom,eu sou uma telespectadora assidua de Caminho Das Indias.Li na internet que o Raj irá se apaixonar por Maya e a Duda se tornará mal.Adorei!!! a novela,apesar de muito boa, está precisando do que já chamamos de classico:um triangulo amoroso(bahuan,maya e raj) e uma vilã louca e apaixonada movida pelo desejo de vingança e frustação(duda).Acho que a Duda deveria ficar gravida do Raj e depois perder o filho razão que a deixaria com odio do amado.Sem contar que a Maya podia O-D-I-A-R o bahuan infinitamente o que faria do futuro encontro dos dois uma guerra de "cão e gato".Já o raul deu um golpe na cadore,não deu?pois bem maya não é sua misteriosa secretaria remota? que eles se conheçam e tornem-se cumplices, não pro mal,mas pra suprir seus devidos interesses.acho que uma "amizade" entre Maya e Ivone seria boa,pois a psicopata que não é amiga de ninguem podia dar pistas ao "novo rico"(bahuan)dos segredos de Maya como o proprio filho que ela esconderá dele e outras "preliminares".
Bom, super beijão e desculpe pela comentario ENORME,é que quero ser jornalista e sonho em ser escritora então já o suficiente para eu adorar editar as obras alheias.
Nãnajade

Elaine disse...

Que moça linda , maravilhosa, hein Glorinha!Na minha opinião, o mais interessante nesse povo é justamente a espiritualidade acima da materialidade.É incrível como "o ser" está sempre acima "do ter" na mentalidade deles. E que costumes diferentes , não é mesmo? Em nossas culturas isso não tem nada haver.

ju disse...

Oi Glória, tudo bem?

Te enviei um selo "Olha que blog maneiro". Depois de uma olhada em meu blog para ver as instruções.

Eu to indo pra India amanhã,volto final de março, se precisar de algo é só falar.

Beijos

Juliana

Deva Shakti (Dani) disse...

Realmente no dia de Karma Chauth faz que as mulheres jejuem pelo marido,acredito que a atriz em questao nao perdeu ,apenas ganhou ainda mais o AMOR DE SEU ESPOSO,afinal existe cada prova de amor,essa foi uma...Namaska Glorinha...Deva

Anônimo disse...

Para nós o tempo a paixão aprimora,
Acelera, inebria, dia-a-dia melhora,
Em intensos momentos de desejo ardente,
Onde os corpos se fundem no ato amoroso
Tradução de ternura, fascínio e gozo,
Que alucinam, inflamam, completam a gente.

Nossas noites transbordam em juras e encantos,
Sutilezas, anseios e carinhos tantos,
Na alcova de prazeres, verdadeiro céu,
Que os dias prosseguem no mesmo compasso,
Delirando de amor, busco teu abraço,
No eterno fascínio de uma lua-de-mel.

tenha uma noite encantada pois assim voce o és ...
beijos amore

Doris disse...

Glória Querida
É admirável, a força dos valores Familiares na Índia!!!
A espiritualidade deles é mto interessante, a Crença acima de tudo, inclusive, dos valores materiais... Ter Fé é fundamental!!! Que comovente prova de Amor da bela estrela indiana, Ashwarya Rai...
Tenha dias de mta PAZ e Serenidade...
Glória, vc é um 'SER' iluminado!!!
NAMASTÊ!!!
'O melhor presente que você pode dar é um abraço: ele é tamanho único, e ninguém vai se importar se você quiser devolvê-lo'.
Sinta-se abraçadíssima por nós telespectadores de 'Caminho das Índias'!!!

Juliana disse...

Oi Gloria.


Acho muito legal o caso dessa atriz indiana que abriu mão de um trabalho para fazer o jejum pelo marido,pois quando abrimos mão de coisas materiais para fazer coisas espirituais as coisas acontecem.
Não sei se é o caso da atriz Freida Pinto que fez o “Quem quer ser um milionário”,ela foi chamada para fazer o novo filme de Woody Allen,não sei se ela faz jejum também,mais concerteza como todos indianos tem seu lado espiritual aprofundado.

Gloria a novela está o máximo,Ajude nosso amigo Daniel Marques a aparecer mais vezes,ele precisa e muito,pelo pouco que eu o conheço sei que ele também tem esse lado espiritual muito aprofundado,sei que você pode ver isso querida Gloria,pessoas assim se atraem.

Te adoro
Bjs

Juliana

Artes da Marga disse...

Olá Gloriosa Glória! Hj vim aqui para te agradecer as entradas do menininho estagiário lá na nossa sala. Embora de vez em quando já nos agrada. Bom seria a gente vê-lo dialogando com o Stênio, Totia, Aninha, Cema ou com o Ademir e outros pacientes. O estagiário na verdade é muito atencioso e carinhoso com as pessoas. Procura agradar. Dê um papel grandioso à ele para ver. Gostaríamos que ele tivesse mais participação e assim sendo seu apoio. Como disse a atriz indiana aqui "Algumas coisas a gente consegue, outras não". Mas eu sei que vc vai nos atender, pois é gloriosa.
Um beijo

Anônimo disse...

Gloria Gloria aleluia..eu nao faço jejum nem no dia mais sagrado de minha religiao..o Yom Kipur....qto mais fazer por "eles" os maridos....

Anônimo disse...

ACHO MÁGICO TUDO QUE ENVOLVE CULTURA E COSTUMES DE UM POVO.ACREDITO QUE AS COISAS ACONTEÇEM PELA FORÇA DE NOSSAS MENTES.DEUS NOS CRIOU PARA A FELICIDADE MAIS É UMA PENA QUE O HOMEM CONSEGUE DESTRUIR ESSE CAMINHO.NA VERDADE PRECISAMOS ACREDITAR EM ALGO.ACREDITAR EM DEUS É A MELHOR ESCOLHA SEMPRE,MAIS SINCERAMENTE NÃO ENTENDO MENTES QUE ACREDITA NO QUE NÃO É BOM E NÃO ACREDITA EM UM SER QUE DESPERTA SÓ COISAS BOAS. NÃO SEREMOS JULGADOS POR CRENÇAS,RELIGIÃO,COR,SEXO,NACIONALIDADE...SEREMOS JULGADOS PELO AMOR.DAÍ A PERGUNTA:SERÁ QUE JÁ FIZEMOS TUDO QUE PODIAMOS POR QUEM ESTÁ DO NOSSO LADO?ACHO QUE NUNCA VAMOS CONSEGUIR FAZER TUDO QUE ESTÁ AO NOSSO ALCANSE,COM TODOS OS MEIOS QUE DEUS NOS DÁ.NÃO QUE SOMOS INCAPAZES DE REALIZAR MAIS INCAPAZES NA MAIORIA DAS VEZES, DE TENTAR.PRA ESSA MOÇA O MAIS IMPORTANTE NÃO FOI REALIZAR ALGO IMPOSSIVEL,UM CONTRATO MILIONARIO,O MAIS IMPORTANTE FOI REALIZAR ALGO EM QUE ELA ACREDITA,E SE NÃO O FIZESSE COM CERTEZA ATRIBUIRIA A ISTO TODA CARGA NEGATIVA DA SUA PROXIMA GERAÇÃO,E ESTUDOS TEOLÓGICOS E CIENTIFICOS COMPROVAM QUE CARREGAMOS MUITO DE NOSSOS ANTEPASSADOS.PORISSO VALE SEMPRE PEDIR A DEUS POR ELES,PARA QUE SEJAM ALMAS LIVRES...BEIJO GLÒRIA,E PRA TODO PESSOAL DO BLOG....ROSE...SALVADOR/BA

estrela disse...

Oi Glória! Assisto Caminho das Índias e gostaria de trazer algumas sugestões! Na minha opinião, uma das coisas que mais chama a atenção na novela e a torna bonita e interessante é o romance intercultural de Raj e Duda. Além da atuação de ambos os atores ser inquestionavelmente perfeita, eles são muito lindos e combinaram bastante. Acho que deviam ficar juntos no final, principalmente por trazer uma lição de que o preconceito não está com nada. May também deveria terminar com Bahuan, já que ele é vítima desse sistema de castas e merece um lugar digno na sociedade também, mesmo que tenha que sofrer um pouco antes.
Duda poderia ter um filho de Raj e Maya de Bahuan. Eles ficariam anos sem se encontrar e Maya e Raj até poderiam se gostar. Porém, ao reecontrar seus antigos pares, podiam retomar a paixão e lutar com todas as forças contra o preconceito pra ficarem juntos!

Anônimo disse...

Olá Glória, tudo bem que você diga que será no tempo oportuno que o menino Zeca irá aprender quanto a sua conduta na escola, mas e quanto acontuta dele e de sua turma nas ruas, eim...
Você há de convir que não é um bom exemplo aos nossos jovens mesmo porque estamos vivendo um tempo onde nossos jovens estão sem limites e assim como sua personagem tendo apoio dos pais. Por favor não se demore em colocá-lo em uma situação onde possa ser repreendido e onde possa servir de exemplo bom aos nossos jovens.

Obrigada,
Sucesso,
Rosangela Toledo

Nilsa.Almeida disse...

Olá Glória

Acabei de ver a cena do Daniel Marques e ameiiiii, mas foi tão curtinha....obrigada por colocar ele de novo e espero que ele tenha mais participação daqui pra frente e que continue até o final da novela.

Bom, deixa eu voltar lá para terminar de ver a novela.

Que Deus te abençoe muito!

Beijão!

Nilsa Almeida
nilsa.almeida@yahoo.com.br

ana.quintana disse...

Olá Glória,

Acompanho a novela "Caminho das Índias" e tenho o costume de navegar pelo seu blog. Achei muito visionária a sua idéia de convidar o Guilherme (confissões de um emo) para participar da novela. A internet não deve ser vista como uma ameaça, já que um veículo agrega valor ao outro. E você, como sempre, aberta à novidades e experimentações, enxergou isso.
Pois então, graças a este veículo democrático, que possibilita romper as barreiras do mercado convencional, pude criar um canal independente de entretenimento.
Confira!
Os Coleguinhas na web.
www.oscoleguinhas.com.br

A webserie foi lançada este mês. Já temos mais de 60 mil acessos e seremos matéria na revista MEGAZINE, do jornal "O Globo", dia 03 Março.

Somos operários da arte, corajosos desbravadores deste novo veículo. Que tal fazer um link do nosso webespaço com o seu. Assim como o Indra, temos uma personagem que vive conectada à internet.

Um abraço da Coleguinha.
Ana Quintana
"Os Coleguinhas na web"

SARAH disse...

Gloria;
Passei pela imensa felicidade de ver novamente o Daniel hoje na novela.
Estou tão feliz de ve-lo novamente que agora já quero que chegue logo o momento da clínica para ver todos os dias esse novo galã que estamos vendo crescer...
E, bom, não tem como não comentar esse post... Que mulher sábia! Tentei achar outras palavras prá defini-la mais nao encontrei... Consegue ser feliz dentro da sua cultura e fora dela, sabe equilibrar as coisas e respeita seus princípios. É de pessoas assim que esse mundo precisa

Sarah - M.G.

Juliana disse...

Gloria.

Que felicidade ver o Daniel novamente em cena! Nosssa.... estou muito feliz,que gato! Ai Glorinha você é maravilhosa de dar essas oportunidades ao nosso querido estagiário Marcelo.

A cada dia fico mais mais fã de você,você é realmente iluminada.

Obrigada por essa alegria.

Te adoro
Bjkssss

Juliana

Anônimo disse...

Quando A Gente Ama
Quem vai dizer ao coração,
Que a paixão não é loucura
Mesmo que pareça
Insano acreditar
Me apaixonei por um olhar
Por um gesto de ternura
Mesmo sem palavra
Alguma pra falar
Meu amor,
a vida passa num instante
E um instante
é muito pouco pra sonhar
Quando a gente ama,
Simplesmente ama
É impossível explicar
Quando a gente ama
Simplesmente ama!
AMO-TE BEIJOS AMORE

Rute Ambrosio disse...

Querida Gloria

Obrigada por nos proporcionar de ver aqueles olhos verdes novamente,como é lindo esse menino! O estagiário tem que ser o braço direito do Dr Castanho,acho que eles combinam demais,por favor continue colocando mais e mais vezes o Daniel Marques,ele é uma graça,carinhoso demais,ele merece!!!


conto com vocês na nossa comu dele no orkut.

Gloria,obrigada mais uma vez.

Rute ambrosio

Encantada disse...

Oi Glória
Quanto a essa indiana, do jejum, pela prosperidade sim, mas pela vida longa...rsrsrrss...acho que a maioria das brasileiras não faria.
Estou amando a novela. Apesar de eu particularmente detestar indianos, não só por eles serem os seres humanos mais feios do planeta, mas pela falta de educação em que fui tratada na Ilha de Capri por um grupo deles , que mesmo vendo que eu estava com meu marido me abordavam e mexiam comigo. Um total desrespeito, que até é mostrado pela novela, como eles sã0o mulherengos e nãi respeitam as estrangeiras...bem mostrado.
O núcleo Maya está 10, já to até com raia do Bahuam, ele é um canalha.
Quanto ao núcleo Raul. Ele é meio tontão, será que só ele não percebe que está sendo manipulado? Tá muito bobão para um sócio de uma grande empresa. Vamos ligar ele na tomada.
A leticia sabatela está maravilhosa , como sempre.
Até mais.

jose anito esteves disse...

shwarya Rai, uma Mulher , linda e inteligente por completo. Será que não teria, mais uma no mundão do meu Deus, para cruzar meu caminho.

Anônimo disse...

Oi Glória! Parabéns pelo capítulo de ontem! Vc permitiu que o Daniel entrasse na minha sala, o que me deixou muito feliz. Sabia que para mim é como se ele fosse o irmão que eu não tive? E olha que ele tem algumas características físicas do meu pai ahahaha. Loiro de olhos verdes, também um enorme coração. Todos nós temos certeza que vc irá fazer com que ele cresça até o final da história.
Beijo na professorinha que está representando a classe sofredora. Professor não tem esse poder como estão retratando aí não viu, vc sabe.
Parabéns
Taís

Anônimo disse...

Oi Gloria, Aishwarya eh casada com o filho do Amitabh Bachchan que se chama Abhishek Bachchan.
Eu jah comemorei 3 Karwa Chauths, como tudo na India dependendo da regiao muda o costume. Na regiao do meu marido as mulheres ficam sem comer desde a meia noite do dia anterior, nada de cafe da manha antes do amanhecer... Algumas tomam agua mas eu nao tomei nem agua. Tive a "sorte" de morar em um lugar em que a lua aparece bem tarde nessa epoca entao em um dos anos passei 23 horas sem agua e sem comida!
Mas vale a pena cada segundinho, nesse dia meu marido fica extra carinhoso e atencioso, ele jah eh um doce mas sinto que neste dia as coisas ficam ainda mais divinas entre nos:-)
bjao
estou adorando a novela!

Fernanda

Cássia disse...

Mas que lindo saber que existe quem sabe o próprio coração e aquilo que acredita. De verdade.

Doce beijo.

Anônimo disse...

Oi Glória,
Eu até que deveria fazer um jejum pela prosperidade do meu marido , mas ele não deixa, engordei uns 28 k desde que me casei , ele é arquiteto e "chef" ... pensa !
Mas quero mesmo é comentar sobre a novela, o caso do pitboy Zeca. Minha filha que é "mara" dias destes recebeu uma crítica de um amiguinho, não muito educado, e eu não gostei , sendo forçada a me rebelar... e não somente eu , mas as professoras e amigos fizeram o mesmo em defesa dela, se quiseres podes até conferir no orkut é Tonha Camargo. O fato é o seguinte... O Indra tem família, tem tradição, tem exemplos a seguir, hoje em dia não se tem nada disso, as pessoas ganham dinheiro e acham que podem tudo, o poder do consumismo fala mais alto, e sentem os tais, esquecem das origens, de onde vieram, de repente até porque não sabem, mas é uma coisa importante. Eu e meu marido somos gaúchos, ambos de famílias tradicionais e tentamos dar a nossa filha uma educação baseada no respeito ao próximo, na educação... não sei se é um defeito hoje em dia, mas sinto que talvez seja uma necessidade, pois os jovens sem referência acabam criando as próprias, e coisas horríveis acabam acontecendo . É muito triste ver isso, acho muito legal que você estaja mostrando isso na novela , aliás a admiro justamente por mostrar os problemas atuais, e acho que com seu trabalho você consegue abrir muitas mentes . Obrigada por isso !
Beijo Georgea Camargo

Zé Ramalho do Maranhão disse...

Oi Glória Perez, Aqui é o professor José Ramalho de São Luís (MA. Tenho uma pequena idéia para suas próximas novelas. Quando você estiver escrevendo a próxima, que tal colocar como nomes das personagens, aqueles nomes que marcaram nossa história, assim como: poeta Gonçalves Dias, Érico Verríssimo, Machado de Assis, Euclides da Cunha, Álvares de Azevedo, Josué Montelo dentre outros. Penso que seria uma grande contribuição à nossa pátria.
abraços,

ramalhozeca@bol.com.br

ESTAMOS INDIGNADOS!!! disse...

Glória gostamos muito de Caminho Das Índias e de seus trabalhos...choramos ainda cada vez que olhamos alguma cena de "o clone" no youtube...achamos que vc é a melhor da globo. Mas porém antes de a novela começar,nas chamadas sonhavamos que seria outro clássico,outro sucesso como há muito tempo nao se via na telinha desde "O Clone". Sonhavamos em ver fugas secretas de amor,protagonistas tentando fazer de tudo para ficarem juntos.Provando que o amor é mais forte que tudo.

Mas confessamos que nos decepcionamos.Não gostamos quando sabemos que bahuan abandonará Maya,e detestamos quando vimos no site as cenas dela chorando sozinha na chuva. Nao queremos que ela fique com Raj, E sim Bahuan.Mas desse jeito a preferencia do publico vai ser outra. A senhora está copiando igualzinho a novela "América" ,por pouco seria um xerooox!! Sol começou com Tião,mas dai o publico nao gostou dos dois,e ela ficou com Ed, e tião com Simone. Nao posso crer que será assim em "Caminho Das Indias" tambem. ( Maya ficará com raj e duda e bahuan sei la com quem..)assim nao vai ter historia nenhuma,já que os dois sao casados. Se fizerdes isso no final suas tramas ficaram "iguaizinhas".a mesma historia de sempre e perderá a minima graça.

O publico quer um romance novamente no horario nobre,e para eles ficarem fascinados e com a febre "Da cultura de dança da India" so um romance dos protagonistas ate o final será adequado e não que Maya fique odiando Bahuan por ter deixado-a pelo resto da novela inteira como Tião fez com Sol em América.Assim a novela nao será boa para o publico.

Gostariamos de pedir também que Tanto maya e duda fikem com a gravidez até o final,e nenhuma perca o bebê.(isso acontece em quase tdas as novelas,uma personagem sempre perde o bebe mas voce pode ser diferente!!)Sabemos que tens criatividade e inventará mil e uma historias para isso.

Nossa profunda indignaçao,e também Esperança de Maya E Bahuan ficarem juntos. Caso contrário,é melhor esperar pela proxima trama de Manoel Carlos e Jayme Monjardim.

Amanda disse...

Olá, Glória, tenho gostado muito de toda esse discussão sobre os costumes da índia, só uma coisa ainda não entendi. Veja bem, não é uma crítica é uma dúvida mesmo. Se as viúvas são renegadas pelo costume antigo e se Opash, tão ligado a tradição, se treme todo quando sai de casa e vê uma viúva, por que ele tem sua mãe dentro de casa? Ela, inclusive ganha jóias do filho, o que seria um absurdo para uma viúva que tem que esquece o mundo material.
Realmente queria entender como foi esse processo e por que a viúva dentro da casa dele não lhe traz má sorte.
No mais, parabéns pelo seu trabalho.

Caroline disse...

Eu ja mandei um um recado pra você sobre a festa indiana.Me procura no orkut

Patty Silveira Designs disse...

Gloria,

Estou adorando a forma como voce esta mostrando como eh importante educar seu filho, no caso do Zeca, dah para ver claramente que uma pessima criacao seguida de super protecao, gera um filho pretensioso, sem carater e sem consequencias. O Zeca esta mostrando muito isso!!!!!

Parabens pela sensibilidade com que vc cria seus personagens, com a clareza que voce transmiste em diferentes circunstancias e em varios assuntos, como vem fazendo em Caminho das Indias!!!!


VOCE EH SHOW!!!!!!!



Adoro voce!!!!!



Beijosssssssssssss

Daniela Garrido disse...

É, eles dão valor às suas tradições e costumes.
É muito importante ter consciência da necessidade de se fazer escolhas, sabendo que nas decisões a serem tomadas, haverá ganhos e perdas. É o coletivo prevalecendo sobre o individualismo, o que falta muito aqui no Brasil.
Glória, achei o livro "SIDARTA" aqui em casa e que eu havia lido faz tempo, mais precisamente em 87. É engraçado, parece que ficou todo esse tempo guardado, esperando para ser descoberto novamente. É do escritor alemão HERMANN HESSE ( Prêmio Nobel de Literatura em 1946)
A contra-capa diz assim:

SIDARTA, FILHO DE UM BRÂMANE, DESCOBRE BUDA, MAS NÃO SE CONTENTA EM APENAS SEGUI-LO COMO DISSÍPULO: PRECISA ENCONTRAR UM DESTINO PARA SI MESMO. PARA ALCANÇAR ESSE PROPÓSITO, SEGUE UM CAMINHO TORTUOSO QUE O LEVA, ATRAVÉS DE UM SENSUAL CASO AMOROSO COM UMA CORTESÃ, DA TENTAÇÃO DO SUCESSO E DAS RIQUEZAS E DE UM CONFLITO EMOCIONAL COM SEU PRÓPRIO FILHO, À RENÚNCIA FINAL E À AUTOCOMPREENSÃO.
SIDARTA, O MAIOR SUCESSO DE HERMANN HESSE EXPRESSA, DE MANEIRA EXEMPLAR, OS ASPECTOS DE SEU GÊNIO, QUE TÊM UM SIGNIFICADO TODO ESPECIAL PARA OS LEITORES DE QUALQUER GERAÇÃO. ESCRITO COM SIMPLICIDADE, É A HISTÓRIA DE UM ESPÍRITO REBELDE EM SUA BUSCA DE PAZ E SERENIDADE NA VIDA.
As histórias são diferentes, mas lembrei do Bahuam, por ele ter sido criado por um brâmane.

No Wikipédia tem o resumo:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sidarta_(romance)

Dados sobre o autor:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hermann_Hesse

No livro também fala que o budismo que ele se engajou foi o autêntico, o indiano. Sua obra está diretamente relacionada à vivência que ele teve na Índia. Ele escreveu um livro que chama “Viagem ao Oriente”, em que fala sobre sua passagem por lá, mas esse eu ainda não li,
Sei que o hinduísmo é predominante entre os indianos, mas você sabe se o budistas lá são respeitados pela maioria adepta ao hinduísmo?
Como será que os budistas lidam com o sistema de castas?

Aqui está vários das frases que ele escreveu:

“Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo”

"Quando se quer algo verdadeiramente e com suficiente força, acaba-se por consegui-lo sempre."

"O acaso não existe. Quando alguém encontra algo de que verdadeiramente necessita, não é o acaso que tal proporciona, mas a própria pessoa; seu próprio desejo e sua própria necessidade o conduzem a isso”

"Intolerante deveria o homem ser, segundo penso, apenas para consigo mesmo, não para com os outros ."

"Tudo quanto não for por nós levado até ao fim, tudo quanto não tiver uma solução completa, um dia ou outro retornará."

"A cultura humana surge graças ao enobrecimento dos instintos animais transformados em ânsias espirituais, através da vergonha, da fantasia, do conhecimento ."

"Sofremos o amor, mas quanto mais generosamente o sofremos, mais fortes ele nos faz."

“A trajetória de nossa vida pode parecer definitivamente marcada por certas situações. Nossa vida, entretanto, conserva sempre todas as possibilidades de mudança e conversão que estiverem ao nosso alcance. E tais possibilidades são tanto maiores, quanto mais abrigarmos em nós de infância, de gratidão, de capacidade de amar”

“Para que resulte o possível deve ser tentado o impossível”

“A alegria e o sofrimento são inseparáveis como compassos diferentes da mesma música.”

“A vida de cada homem é um caminho para si mesmo, o ensaio de um caminho, o esboço de uma vereda”

“O homem culto é apenas mais culto; nem sempre é mais inteligente que o homem simples”

“Um ser humano só cumpre o seu dever quando tenta aperfeiçoar os dotes que a natureza lhe deu”

“O mal surge sempre quando o amor não é suficiente”

“Só há felicidade se não exigirmos nada do amanhã e aceitarmos do hoje, com gratidão, o que nos trouxer. A hora mágica chega sempre”

“Só aquele que sabe amar é feliz”

“A paz não é um estado primitivo paradisíaco, nem uma forma de convivência regulada pelo acordo. A paz é algo que não conhecemos, que apenas buscamos e imaginamos. A paz é um ideal.”

“O homem é um ser ansioso pela felicidade; no entanto, não a suporta por muito tempo”

“Se temos a possibilidade de tornar mais feliz e mais sereno um ser humano, devemos fazê-lo sempre”

“Para a arte de viver, é preciso saber a arte de ouvir, sorrir e ter paciência... sempre”

“Ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo”

Namastê
Daniela

Essa falta de limites... disse...

Tem razão Patty
A Glória tem que mostrar esses monstros que as pessoas chamam de aluno
Somos obrigadas a conviver com esse lixoda humanidade
Na escolapública devia ter uma lei que permitisse a gente de educar essa turma ja´que em casa eles não tem LIMITES
a gente ate bate, e coloca de castigo, mas é muito menos do que precisa, tem que tomar cuidade para não deixar marcas
Eu bato na cabeça que ai não aparece, mas tem mae que mesmo assim reclama que dá dor de cabeça no aluno
Melhor ele ter dor de cabeça que eu
Trabalh na vila mara zona leste, imagina se a gente não batesse e nem pusesse de castigo
Uma vez um colega meu foi flagrado com tres aluns de joelho na classe de castigo Entrou um grupó desses que defendem aluno, essa cambada quase prejudica feio o pobre do professor.

Patricia Romano disse...

O jejum de Karwa Chauth eh observado apenas nos estados do norte da India, no Sul, a posicao da mulher (especialmente no estado de Kerala) eh muito alta, entao nao faria sentido ela jejuar pelo marido e ele nao por ela.
No Sul da India, as mulheres nao "cobrem" a cabeca, estudam, trabalham e mesmo assim sao extremamente devotadas ao marido e a familia.
No Sul, nao deixamos um dia especifico para "rezar" pelo marido, mas o fazemos diariamente quando colocamos "kumkum" (o po vermelho) na risca do cabelo.

Anandini disse...

Oi Gloria o nome do esposo da Aishwarya Rai é Abhishek Bhachchan,Amithab Bhachchan é o pai dele...Eu gostaria de saber quando você vai mostrar as belezas da India,como a dança tradicional de bharatanatyam e Odissi que é a dança que toda criança aprende,e também outros lugares diferentes ,as comidas,a musica etc...
Acho que está pegando pesado com essa historia dos dalits,na verdade a coisa não é bem assim,e aqueles encontros de Maya e Bahuan nos becos da India,jamais em nenhum momento aconteceriam entre indianos,ter relacionamento intimo antes do casamento então nem pensar!!
Tenho muitos amigos indianos e eles não estão gostando da maneira que está colocando a India...
As coisas não acontecem desse jeitos na India...
Desculpe,mas eu tinha que falar,espero que vc me entenda e mude algumas coisas na novela... beijo querida...Namaste

Aline disse...

Abhishek Bhachchan é o pai do marido dela!O marido da Aishwarya Rai é o Abhishek Bachchan!Ela é linda demais, não é atoa que já foi eleita a mulher mais linda do mundo!A abertura da novela deveria ser com ela dançando!Os olhos dela são lindo demais!Ela dublou aquela música Kjara Re e ficou lindo demais, deveria ser essa a abertura!A música também é muito linda!
Aline de São Paulo

Anônimo disse...

Falaram que você acha que a Juliana Paes parece com ela!Não tem nada a ver, não desmerecendo a beleza da Juliana Paes, mais a Aishwarya Rai é linda demais!Uma das mulher mais lindas do mundo!